Em partida sonolenta, Grêmio e Corinthians não saem do 0 a 0

  • Por Jovem Pan
  • 05/10/2019 20h55
JEFERSON GUAREZE/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOGrêmio e Corinthians se enfrentaram pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro

Grêmio e Corinthians empataram em 0 a 0 neste sábado (5), na Arena, no Rio Grande do Sul, em duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Grêmio segue na oitava colocação, com 35 pontos na tabela. Já o Corinthians vai aos 42, permanecendo em quarto.

Agora, o Grêmio volta a campo diante do Ceará, no estádio Centenário, em Caxias do Sul, na próxima quarta-feira (9). Um dia depois, o Corinthians recebe o Athletico-PR, na Arena (SP).

Recuado, Corinthians leva sufoco 

O Timão surpreendeu o adversário, partiu para cima e construiu jogadas interessantes nos primeiros 10 minutos. Na melhor delas, Fagner arrancou para direita e serviu Pedrinho, que rolou para Mateus Vital estufar a rede pelo lado de fora.

O problema é que o Corinthians passou a ser dominado rapidamente, recuou as suas linhas e basicamente se limitou a marcar no restante da etapa inicial. O Grêmio, por sua vez, trocou passes e tentou abrir a defesa adversária, mas com pouco sucesso.

Assim, o time comandado pro Renato Gaúcho começou a bater de fora da área, assustando Cássio em alguns momentos. No final, o time da casa encerrou a etapa com 62% de posse de bola e quase o dobro de finalizações do Corinthians, mas sem sair em vantagem.

Grêmio diminui o ritmo

O Grêmio não conseguiu manter a pressão, perdeu força na segunda etapa e praticamente não ameaçou o goleiro adversário. Rondando a bola de um lado para o outro, os sulistas encontraram uma defensa intransponível.

Voltando de lesão, Maicon foi quem mais sentiu e deixou de armar a equipe com a qualidade da etapa inicial. Everton e Luan, então, tentaram encontrar soluções em arremates de fora da área.

Corinthians vai ao ataque e deixa a partida mais aberta

Notando a baixa produção ofensiva do Grêmio, o Corinthians começou a sair mais para o ataque e quase marcou. Primeiro, Boselli recebeu cruzamento de Pedrinho e cabeceou nas mãos de Paulo Victor. Na sequência, Fagner desceu pela direita e bateu cruzado, exigindo defesa do goleiro.

O Grêmio respondeu minutos mais tarde após erro na saída de bola do Corinthians. Cássio entregou de graça para Everton, que arrancou e chutou ao lado da meta.

Ainda assim, a partida voltou a ficar sonolenta nos minutos finais, com as defesas prevalecendo sobre os ataques. Nos acréscimos, Gil ganhou disputa pelo alto e cabeceou rente ao poste, mas não tirou o zero do marcador.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 CORINTHIANS

Grêmio: Paulo Victor; Léo Moura (Pepê), David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Thaciano) e Luan; Alisson, Everton e André (Diego Tardelli).

Treinador: Renato Gaúcho.

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Avelar; Ralf, Sornoza, Mateus Vital (Janderson), Pedrinho e Clayson (Boselli); Vagner Love (Jadson).

Treinador: Fábio Carille.

Cartões amarelos: Maicon, Matheus Henrique e Everton (Grêmio); Cássio (Corinthians)