Heróis nas semifinais, Cássio e Jailson podem se consagrar na decisão

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2018 11h14
Palmeiras/DivulgaçãoJailson defende pênalti cobrado por Diogo Vitor, do Santos

Corinthians e Palmeiras só chegaram na final do Campeonato Paulista após decisões nos pênaltis. Então os heróis foram os dois goleiros: Cássio e Jailson pegaram cobranças e foram decisivos. Agora eles vão se enfrentar novamente na final, que pode até ir para disputa de pênaltis novamente. Para isso basta o Corinthians vencer o jogo no Allianz Parque por um gol de diferença.

Cássio e Jailson vivem uma fase tão boa que seus torcedores até pedem que Tite os convoque para Copa do Mundo. Como a vaga de terceiro goleiro parece aberta no momento, existe a impressão que ambos têm chance realmente. Mas é claro que Cássio tem muita vantagem nessa disputa: tem a confiança de Tite, já foi convocado recentemente e foi campeão brasileiro com destaque no ano passado.

Jailson não conta com o mesmo status, mas tem outra vantagem: a fase atual é excelente. Basta ver os números da defesa do Palmeiras: nos últimos 10 jogos, a equipe sofreu apenas 3 gols. E um desses gols foi no jogo contra o São Caetano, em que Jailson foi poupado. Ao todo, na temporada, o titular do Verdão atuou em 16 jogos e sofreu 8 gols. É como se ele fosse vazado apenas uma vez a cada duas partidas.

Cássio defendeu cobranças de pênalti de Diego Souza e Liziero

A média de Cássio em 2018 não é tão boa: são 13 gols sofridos em 19 jogos. Além disso, ele também cometeu algumas pequenas falhas, como uma saída de gol errada no clássico contra o Santos. Mas isso já foi deixado para trás com a atuação na semifinal, contra o São Paulo.

Com goleiros é sempre assim: nada melhor que uma decisão nos pênaltis para que eles virem heróis. Qualquer empate no dérbi deste domingo (8), a partir das 16h (de Brasília), dará o título ao Palmeiras. Mas se a decisão for para os pênaltis, os cobradores dos dois times terão que se preocupar com o que vão enfrentar pela frente.