Jogada de Romero é reprovada por corintianos e palmeirenses, mas ele diz que foi resposta à imprensa

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2018 19h27
ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDORomero foi criticado por Jadson e Balbuena

No final do clássico entre o Corinthians e Palmeiras, quando o Timão já estava com a vitória encaminhada, o paraguaio Romero fez uma jogada polêmica. Ele dominou a bola no peito e fez embaixadinhas com a cabeça. Isso irritou os jogadores do Verdão e também foi uma atitude reprovada pelos companheiros dele.

Romero disse que foi uma resposta à imprensa, não uma provocação aos palmeirenses: “alguns da imprensa falam que não tenho técnica. Acho engraçado. Faz parte as criticas, eu aceito”.

Bruno Henrique, do Palmeiras, ficou furioso: “isso não é futebol, é desrespeito. Se você faz uma jogada, vai para cima de forma objetiva, é normal. O que ele fez não é uma coisa sadia, porque somos jogadores e acho que foi desrespeito. Por isso todos foram para cima dele ali. Xinguei ele para caramba porque estava nervoso na hora e falei bastante besteira para ele”.

Marcos Rocha também criticou: “não vou agredir um jogador de outra equipe por fazer firula. Mas é engraçado que ele só faz quando está ganhando”.

Os técnicos Fábio Carille e Roger Machado tentaram minimizar o assunto. O corintiano disse que não viu o lance. O palmeirense pediu para que essa polêmica seja esquecida.

Mas entre os jogadores corintianos o lance não repercutiu bem. Jadson criticou: “foi bonito, a torcida gostou, mas eu não faria. Se fosse do outro lado, eu não gostaria”

Balbuena concordou com Jadson: “até falei pra ele em campo que não era necessário, mas cada um faz as suas coisas. Se fosse do outro lado, eu ficaria chateado, mas cada um faz o que quer. O importante é que vencemos”.