José Manoel: Corinthians precisa se dedicar mais aos treinos que os outros

  • Por José Manoel
  • 01/07/2020 15h15
Itawi Albuquerque/Estadão ConteúdoÉ não perder os jogos que restam para se garantir na série A1

Após cerca de uma semana de testes e avaliações, os clubes de futebol de São Paulo chegaram a uma nova etapa, iniciando a fase de treinos e se preparando para uma possível volta do Campeonato Paulista, ainda sem data definida.

Dos quatro grandes, o Corinthians é aquele que teve o maior número de atletas com resultados positivos para coronavírus, todos já recuperados, e é o que precisa se esforçar mais nos treinamentos para voltar com o melhor desempenho possível.

No futebol europeu, alguns times voltaram muito melhor que outros. O Corinthians não pode se dar ao luxo de retornar abaixo dos adversários, afinal é ele que vai lidar com a possibilidade matemática de rebaixamento, ao mesmo tempo que terá grande dificuldade de chegar à fase decisiva.

Pensando em classificação, está com 11 pontos no grupo D e disputa uma vaga com o Guarani, que está com 16 pontos. Para começo de conversa, não depende mais de suas próprias forças e terá pela frente, quando voltar, Palmeiras (C) e Oeste (F). O Bugre vai enfrentar Botafogo (F) e São Paulo (C).

Contra o rebaixamento, o Corinthians tem hoje 3 pontos à frente do Botafogo, o primeiro na zona da degola, e em décimo lugar na classificação geral, com 4 equipes o separando do time de Ribeirão Preto. É não perder os jogos que restam para se garantir na série A1.

Tirando da jogada a parte matemática, o torcedor pode até entender as dificuldades em voltar depois de tanto tempo de paralisação, mas sonha com um time melhor que aquele da fase pré-pandemia.

Tiago Nunes vai conseguir aproveitar esse tempo de treinos para adequar o time ao seu modelo de jogo?

Vejam bem, não se trata de voltar jogando um futebol perfeito, mas de superar adversários, e pelo menos parte de seus problemas, com o elenco que tem à disposição.