Justiça bloqueia R$ 23 milhões do Corinthians por caso Jucilei

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2020 22h23
Marco Galvão/Estadão ConteúdoAndrés Sanchez, presidente do Corinthians

O Corinthians terá R$ 23 milhões do valor que receberia dos seus direitos de transmissão bloqueados por ordem da Justiça. A decisão foi resultado de um processo por uma dívida do clube com o JMalucelli-PR, referente a venda do volante Jucilei, em 2009.

À época, o time comprou 50% dos direitos do jogador por R$ 2 milhões. Dois anos depois, vendeu Jucilei para o Anzhi, da Russia, por R$ 23 milhões. O JMalucelli, que não existe mais, alega que não concordou com a transação, e pede uma indenização. O cálculo, feito com base em uma multa contratual, além do valor que já teria direito pela operação, totalizava R$ 11,5 milhões.

Após o Corinthians pagar R$ 9,9 milhões, o clube do Paraná alegou ter direito a mais R$ 5,5 milhões, e acionou a justiça. Por causa da correção monetária e das multas, a ação chegou aos R$ 17,9 milhões, que deveriam ser quitados em 13 parcelas. O pagamento não foi feito, e a dívida aumentou para os R$ 23 milhões penhorados.

O Corinthians vive uma má fase financeira. Segundo seu último balanço divulgado, a dívida chega aos R$ 665 milhões. Apenas nesta semana, o volante Maycon e o atacante Jonathas acionaram o time na justiça por dívidas provenientes de transações passadas.

  • Tags: