Love defende estilo de jogo corintiano: ‘Tem clube que joga bem e não ganha nada’

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2019 16h02
Marco Galvão/Estadão ConteúdoVagner Love tem 35 anos e é atacante do Corinthians

O atacante Vagner Love defendeu nesta sexta-feira o estilo de jogo do Corinthians, que marca poucos gols, mas também dificilmente tem sua defesa vazada. Dessa maneira, o time alvinegro conquistou o título paulista deste ano e atualmente ocupa um lugar no G4 do Campeonato Brasileiro.

“Prefiro jogar mal e ser campeão, do que como tem clubes que jogam muito bem e não estão ganhando nada. Prefiro um jogo ou outro ir mal, mas estar sempre lutando e competindo para conseguir sempre os três pontos”, afirmou o jogador, em entrevista coletiva concedida em Porto Alegre, no hotel onde a equipe corintiana está hospedada visando o duelo contra o Grêmio, neste sábado, às 19 horas, na arena gremista, pela 23ª rodada do Brasileirão

Em 22 jogos disputados na competição nacional, o Corinthians marcou 25 gols e sofreu apenas 13. O desempenho coloca o time como quarto colocado na classificação, com os mesmos 41 pontos do Santos, que está em terceiro lugar. E para Love, este confronto diante do Grêmio é um jogo chave para a equipe corintiana entrar de vez na briga pelo título.

“Tem peso grande vencer o Grêmio fora de casa, te dá confiança para dar sequência ao trabalho. Jogar aqui (em Porto Alegre) é muito difícil, mas vencer aqui nos deixa numa condição boa, nos mantém no G4, pode nos distanciar de outras equipes e ter uma boa sequência para os jogos que vêm pela frente”, analisou.

Carille ainda não deu pistas da escalação para a partida. Na vitória sobre a Chapecoense por 1 a 0, na última quarta-feira, em Chapecó, em partida atrasada da 21ª rodada do Brasileirão, o treinador promoveu os retornos de Mateus Vital e Junior Urso ao time titular nas vagas de Sornoza e Ramiro, respectivamente. Essas duas posições continuam sendo as principais dúvidas na equipe para o jogo contra os gremistas.

*Com informações de Estadão Conteúdo