Na Argentina, Corinthians vence o Independiente e assume a liderança do grupo 7

  • Por Jovem Pan com Estadão Conteúdo
  • 18/04/2018 23h40 - Atualizado em 19/04/2018 00h06
EFEJadson foi o autor do gol da vitória do Corinthians sobre o Independiente

Em um jogo bastante equilibrado, o Corinthians usou a inteligência para bater o Independiente e conquistar mais três pontos na Libertadores da América. O time comandado por Fábio Carille venceu por 1 a 0, nesta quarta-feira (18), e ficou em uma situação bem confortável no grupo 7. O destaque negativo da partida foi o gol mal anulado dos donos da casa, nos minutos finais.

Diferente dos encontros entre brasileiros e argentinos, Corinthians e Independiente fizeram um jogo bom tecnicamente, com chances de gols, poucas faltas, sem confusão e em um estádio moderno. As equipes entraram em campo claramente para jogar futebol.

Nada de faltas desnecessárias e troca de empurrões como acontecem em confrontos de brasileiros contra argentinos. Tanto que a primeira falta aconteceu só aos 16 minutos de jogo, cometida por Henrique.

O gol da vitória saiu no segundo tempo, após Mateus Vital cruzar na cabeça de Jadson, que desviou e contou com a ajuda do goleiro Campaña colocar para dentro. O meia não estava fazendo um bom jogo, mas foi decisivo e mostrou sua importância para a equipe. Ele tinha sido poupado da partida contra o Fluminense, na estreia do Brasileirão, justamente para chegar bem ao jogo na Argentina.

Logo depois, Romero, do Independiente, marcou gol legal e o árbitro deu impedimento, para aumentar ainda mais as polêmicas de arbitragem envolvendo o clube paulista, que ainda lembra do clássico com o Palmeiras, na decisão do Paulistão.

Deixando de lado as polêmicas, o fato é que o Corinthians chegou aos sete pontos e reassumiu a liderança do grupo. Millonarios, que venceu por 4 a 0 o Deportivo Lara na terça, é o segundo colocado, com quatro.

A equipe alvinegra volta a campo pela Libertadores no jogo de volta contra os argentinos, dia 2 de maio, na Arena Corinthians. O time de Fábio Carille ainda tem como ponto a se destacar o fato de ser o único time da competição continental que ainda não levou gols na fase de grupos.

Confira a narração do gol: