Palmeiras vence Corinthians em jogo quente e fica a um empate do título

  • Por Jovem Pan
  • 31/03/2018 18h36 - Atualizado em 31/03/2018 23h46
Antônio Cícero/Photopress/Estadão ConteúdoBorja marcou, e o Palmeiras superou o Corinthians em Itaquera na partida de ida da final do Campeonato Paulista

Teve briga, expulsões e tudo o que uma final entre Corinthians e Palmeiras costuma apresentar. Ao fim dos primeiros 90 minutos da decisão do Campeonato Paulista, no entanto, quem levou a melhor foi o time visitante. Com gol de Borja logo no início do jogo, o Palmeiras venceu o Corinthians por 1 a 0, neste sábado, em Itaquera, e saiu na frente na primeira final da temporada nem isso impediu Vampeta de provocar o rival. 

Com o resultado, o time alviverde fica a um empate de conquistar o seu primeiro título estadual desde 2008. O Corinthians, por sua vez, passa a precisar de uma vitória por dois gols de vantagem para faturar o bi no tempo normal – um triunfo alvinegro por um gol de frente leva a decisão aos pênaltis. 

O jogo de volta está marcado para o próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque.

De volta, Borja marca 1º sobre Corinthians e fecha “trinca” 

Borja ainda não havia balançado as redes do Corinthians. Neste sábado, no entanto, precisou de apenas seis minutos para derrubar o tabu. Após cruzamento de Dudu que foi direto para o gol e bateu na trave, o colombiano recebeu cruzamento de Willian e só empurrou para o fundo das redes. Com o gol, o atacante, que não havia disputado as últimas três partidas do Campeonato Paulista por estar com a seleção colombiana, fechou a “trinca”: marcou contra Santos, São Paulo e Corinthians no mesmo ano. 

Déjà-vu de 1999?

Corinthians e Palmeiras não disputavam uma final estadual desde 1999. Naquela ocasião, o jogo decisivo sequer terminou por causa de uma briga generalizada iniciada após as famosas embaixadinhas de Edilson. Neste sábado, houve um “déjà-vu” daquela partida. No último minuto do primeiro tempo, Borja se enroscou com Henrique na linha lateral, e uma grande confusão começou. Gabriel, Fagner, Clayson, Dudu e Felipe Melo se estranharam, e o árbitro teve de intervir: deu amarelo para Borja e Henrique, e expulsou Clayson e Felipe Melo. É sempre bom lembrar que ambos já tinham um “passado nebuloso”. Pegado, o jogo deste sábado teve mais de 40 faltas,  dez cartões amarelos e dois vermelhos.

palmeiras, corinthians, briga, felipe melo, clayson

E com a bola rolando?

O primeiro tempo ficou marcado pela briga generalizada nos minutos finais. Com a bola rolando, no entanto, o jogo foi bom. O Palmeiras começou em cima do rival e abriu o placar logo cedo, aos seis minutos. A vantagem fez o time alviverde recuar e dificultar o plano de jogo do Corinthians. Jailson até trabalhou em algumas ocasiões, mas o Palmeiras foi aos vestiários com a sensação de ter corrido poucos riscos e controlado as ações.

sheik, palmeiras, lucas lima, corinthians

Moisés no Palmeiras. Romero e Pedrinho no Corinthians

As expulsões obrigaram Roger Machado e Fábio Carille a mexer nos seus times para o segundo tempo. Do lado alviverde, Borja saiu para a entrada de Moisés. Na equipe alvinegra, Sidcley e Mateus Vital deram lugar a Romero e Pedrinho, respectivamente. Outro que também foi substituído foi Victor Luís, que, sentindo dores, acabou trocado pelo estreante Diogo Barbosa. Mais tarde, Thiago Santos entrou no lugar de Bruno Henrique, e Sheik foi substituído por Danilo.

Dinâmica do segundo tempo não muda

Apesar das substituições e do maior espaço proporcionado pelas expulsões, Corinthians e Palmeiras não balançaram as redes no segundo tempo. O time alviverde seguiu marcando da intermediária para trás, enquanto a equipe alvinegra permaneceu com maior posse de bola. Porém, a falta de inspiração fez os comandados de Fábio Carille exagerarem nos cruzamentos e “consagrarem” Thiago Martins e Antônio Carlos, que não perderam nenhuma pelo alto fizeram partida irretocável. No fim, o cansaço das duas equipes impediu qualquer mudança no placar.

fagner, willian, palmeiras, corinthians

Palmeiras de “roupa nova” 

O Palmeiras estreou o seu novo uniforme neste sábado, em Itaquera. A vestimenta, a última lançada pela Adidas em parceria com o time alviverde, resgata o escudo atual do clube e se destaca pela simplicidade – saiba mais sobre o uniforme aqui.

Antônio Carlos, Palmeiras, corinthians