Sede do Corinthians, Parque São Jorge amanhece pichado: ‘Andrés ladrão’

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2020 09h32 - Atualizado em 18/06/2020 09h40
Reprodução/Globo.comO Parque São Jorge, sede do Corinthians, amanheceu pichado

Os muros e as paredes do Parque São Jorge, sede social do Corinthians, amanheceram pichados nesta quinta-feira (18). Os ataques foram direcionados ao presidente Andrés Sanchez, que foi chamado de “ladrão” e “pilantra” em algumas mensagens.

A ação acontece um dia após o Corinthians anunciar o retorno do atacante Jô, que assinou contrato válido até o final de 2023. O clube alvinegro, no entanto, vive uma grave crise financeira.

Nos muros, o mandatário corintiano foi hostilizado de diversas maneiras. “Andrés ladrão”, “O povo cansou”, “o terror começou”, “Andrés câncer maldito”, “Impeachment já” e outras frases foram endereçadas ao presidente corintiano. Funcionários do Timão, no entanto, trataram de pintar os muros do Parque São Jorge cedo.

Vale lembrar que, no final do ano passado, torcedores do Corinthians já haviam pichado o Parque São Jorge após uma derrota da equipe para o CSA, no Campeonato Brasileiro.

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, foi xingado