Pato diz que não foi bem recebido no Corinthians e recorda pênalti contra o Grêmio

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2020 14h50
Rodrigo Coca/FotoArenaAlexandre Pato durante treinamento do Corinthians neste sábado no CT Joaquim Grava

Alexandre Pato, atualmente no São Paulo, relembrou a sua apagada passagem pelo rival Corinthians, no último sábado (4), em entrevista à “ESPN”. De acordo com o atacante, ele sofreu uma espécie de boicote de parte do elenco corintiano, fazendo com que seu futebol não aparecesse no Parque São Jorge.

“Eu tinha acabado de chegar em um grupo já feito. Eles tinham acabado de ser campeões da Libertadores, acabado de ser campeões mundiais. Cheguei na boa fé, vou lá, vou me esforçar, e acho não fui bem recebido por alguns do grupo, que tinham muita força naquela época. Sempre trabalhei muito, sempre fui muito dedicado, e fui indo. Só que era aquele momento… No primeiro deslize que ele der, a gente vai tentar tirar ele”, disse o jogador, que chegou ao Corinthians em 2013.

Pato acabou se “queimando” com a torcida quando desperdiçou uma penalidade diante de Dida, então no Grêmio, em partida decisiva válida pela Copa do Brasil. O atacante afirmou que bateu no meio do gol porque, no Milan, o goleiro costumava cair nos cantos.

“No jogo contra o Grêmio, eu bati um pênalti que eu não deveria ter batido, mas naquele momento foi para ter batido. Eu falei: “Meu, trabalhei com o Dida no Milan, sei que ele pula muito rápido, vou bater no meio”. Só que vim a errar, e aconteceu tudo aquilo”, comentou.

“Aquele momento, com tudo aquilo que aconteceu desde a minha chegada, foi o momento exato para que acontecesse tudo aquilo”, continuou.

Sem clima no Timão, Pato acabou sendo trocado por empréstimo com Jadson em 2016. Depois, ele chegou a retornar ao clube alvinegro, mas foi negociado junto ao Villarreal, da Espanha.