TJD-SP adia depoimentos de jogadores e dirigentes de Palmeiras e Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2018 17h15 - Atualizado em 05/03/2018 17h24
AMANDA PEROBELLI/ESTADÃO CONTEÚDOJogadores do Palmeiras cercam o árbitro Raphael Claus no Derby contra o Corinthians

O depoimento de Felipe Melo, Dudu e Jaílson, além de Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, e Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, ao Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo, o TJD-SP, foi adiado para a próxima semana. Os jogadores e dirigentes serão ouvidos na segunda-feira (12) a respeito da confusão ocorrida no Derby, disputado no último dia 24.

Na oportunidade, jogadores do Palmeiras reclamaram dentro e fora do gramado que o árbitro da partida, Raphael Claus, teria interferido no resultado final da partida, vencida pelo Corinthians por 2 a 0. Já os dirigentes teriam interpelado o juiz na saída para os vestiários.

O TJD-SP quer que eles esclareçam o que aconteceu na Arena Corinthians antes de denunciá-los ou não por terem infringido algum artigo do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.