Vampeta detona o Corinthians após goleada para o Flamengo; confira

Confira o que o comentarista do Grupo Jovem Pan falou após o Timão ser massacrado pelo Rubro-Negro

  • Por Jovem Pan
  • 18/10/2020 20h09 - Atualizado em 18/10/2020 20h09
Montagem de fotos/Reprodução/Jovem Pan/MAURO HORITA/ESTADÃO CONTEÚDOVampeta falou sobre a fase do Corinthians

O Corinthians não teve a menor chance contra o Flamengo e acabou sendo massacrado pelo rival carioca neste sábado, 18, em plena Neo Química Arena, em partida válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de perder por 5 a 1, o time alvinegro voltou a se reocupar com a zona de rebaixamento – a equipe é a 14ª colocada e está somente a dois pontos do Athletico-PR, que abre a zona da degola. Logo após o confronto, o comentarista Vampeta, do Grupo Jovem Pan, criticou o elenco do Timão.

“Mudou o treinador, mas não mudou nada. Os jogadores não estão jogando nada. O Gil sofre lá atrás. Jogadores importante, que têm uma história no Corinthians, estão sofrendo mais. Everaldo é cai-cai, Boselli fica isolado, Matheus Vital já teve várias oportunidades… Eu sei que não é o individual, é o conjunto da obra que está mau”, disparou no programa Fim de Jogo. “Mais um jogo ruim do Corinthians. Lógico, pegou a melhor equipe do Brasil, que até começou mal no nacional, trocou de treinador e tudo mais. Mas a qualidade dos jogadores, independente do treinador, Bruno Henrique, Vitinho, Thiago Maia e Gerson… Isla, que joga na seleção chilena. O Hugo é muito bom. O Flamengo não jogou com a sua dupla de defesa titular. Mas mantém a regularidade. O 5 a 1 foi merecido. Poderia até ter sido mais. O Corinthians precisa esperar a eleição, mirar a oitava colocação e tentar uma pré-Libertadores.

Na conversa com os profissionais da Jovem Pan, Vampeta também falou sobre a situação de Cássio, que desabafou após o confronto e não descartou deixar a equipe do Parque São Jorge. “Saiu de cabeça quente, mas tem crédito. Depois de uma derrota por 5 a 1 e em casa, não é fácil. O Cássio nunca falou nada de mais. O foco é tentar uma Copa do Brasil e ficar entre os oito melhores do Brasileirão, já que dá para pegar uma pré-Libertadores. Cássio, Gil, Fagner… A culpa não é deles. Cair não vai”, completou.

Veja a análise do comentarista da Jovem Pan abaixo: