VAR atua no fim, e Flamengo busca empate com Corinthians em Itaquera 

  • Por Jovem Pan
  • 21/07/2019 18h03
Richard Callis/Estadão ConteúdoGabriel

Um gol que inicialmente foi anulado pela arbitragem, mas que, seis minutos depois, acabou confirmado pelo VAR decidiu o jogo entre Corinthians e Flamengo, neste domingo, em Itaquera, pela 11ª rodada do Campeonato BrasileiroClayson abriu o placar para os donos da casa de pênalti no segundo tempo, mas Gabigol empatou aos 39min com o auxílio do árbitro de vídeo, e o clássico das maiores torcidas do País terminou empatado por 1 a 1. 

O lance crucial do jogo foi, sem dúvidas, o gol de Gabriel. O Corinthians vencia por 1 a 0 e corria poucos riscos até que, a seis minutos do fim do tempo regulamentar, Renê cobrou escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, e o atacante do Flamengo aproveitou rebote de Cássio para balançar as redes. O árbitro Leandro Vuaden inicialmente anulou o gol, assinalando impedimento, mas, após uma demorada análise do VAR (foram seis minutos de paralisação), a jogada foi considerada legal. 

Os dois times voltam a campo no meio de semana. Na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o Flamengo encara o Emelec, no Equador, pela ida das oitavas de final da Libertadores. Já na quinta, também às 21h30, o Corinthians recebe o Montevideo Wanderers, do Uruguai, pela mesma fase da Copa Sul-Americana. 

Primeiro tempo morno 

Corinthians e Flamengo pouco criaram antes do intervalo. O time rubro-negro teve mais posse de bola (59% contra 41%), mas sofreu para encontrar chances de finalizar (foram apenas três contra oito do rival). O Corinthians, por sua vez, fechou-se bem na defesa e apostou nos contra-ataques e nas jogadas aéreas para assustar. A oportunidade mais clara de gol foi uma cabeçada de Manoel, no fim da primeira etapa, que passou raspando o travessão de Diego Alves. 

Lances polêmicos movimentam a segunda etapa 

O segundo tempo foi bastante parecido com o primeiro: muito equilíbrio e poucas chances reais de gol. O placar só foi alterado após um lindo contra-ataque protagonizado pelo Corinthians. Pedrinho lançou Fagner, que arrancou e achou belo passe para Vagner Love. O atacante foi atropelado por Berrío, e o árbitro marcou pênalti  o primeiro a favor do Timão no ano. Na cobrança, Clayson deslocou Diego Alves e fez 1 a 0. 

Quando tudo levava a crer que o Corinthians venceria o jogo, veio o empate do Flamengo. Renê cobrou escanteio, Rodrigo Caio cabeceou, e Cássio soltou a bola nos pés de Gabigol, que completou para o fundo das redes. O gol foi inicialmente anulado pela arbitragem, que assinalou impedimento, mas depois de seis minutos de análise do VAR, acabou sendo confirmado: 1 a 1, e nada mais.