Cruzeirenses quebram cadeiras e entram em conflito com a PM após rebaixamento

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2019 18h08
FELIPE CORREIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDOO Cruzeiro caiu para a 2ªdivisão do Campeonato Brasileiro

O fim da partida entre Cruzeiro e Palmeiras acabou de maneira trágica neste domingo (8). Revoltados com o rebaixamento do time para a Série B do Campeonato Brasileiro, alguns torcedores cruzeirenses quebraram cadeiras do estádio Mineirão e entraram em confronto com a Polícia Militar.

O conflito começou antes mesmo da partida acabar. Marcelo Henrique Lima, árbitro do jogo, paralisou o confronto nos minutos finais esperando um desfecho. Percebendo que a situação poderia piorar, o juiz optou por encerrar o duelo antes dos 45 minutos regulamentares.

Acionada, a PM atirou bombas dentro do estádio e acabou deixando pessoas feridas. Imagens captadas pela “Rede Globo” mostraram torcedores feridos, sendo atendidos pelo Corpo de Bombeiros.

Preocupado com um caos maior, o Sistema de Som do Mineirão alertou para que os torcedores evacuassem o estádio.

Em campo, a Raposa precisava vencer e contar com uma derrota do Ceará para se livrar do rebaixamento. As duas coisas não aconteceram, já que os cearenses empataram com o Botafogo.