Cueva revela vontade de voltar ao SPFC e detona Sampaoli: ‘Nunca olhou na minha cara’

  • Por Jovem Pan
  • 29/04/2020 12h00
REGINALDO PIMENTA/ESTADÃO CONTEÚDOCueva durante partida do São Paulo

Christian Cueva revelou que deseja voltar a vestir as cores do São Paulo. Em entrevista à “Espn”, da Argentina, o meia-atacante relembrou os bons momentos no Tricolor e afirmou que a passagem pelo clube do Morumbi foi uma das melhores de sua carreira.

Na conversa com a emissora argentina, Cueva foi questionado se gostaria de jogar no país e acabou citando o São Paulo. “Sim, eu sempre quis jogar no Boca. Sempre segui o Boca, é uma equipe que gosto demais, mas tem outra equipe que gostaria de ter uma oportunidade novamente, em um outro momento, que é o São Paulo”, disse o jogador, que representou a camisa são-paulina entre 2016 e 2018.

“Sempre fui torcedor do Alianza (Lima), mas simpatizo com Boca. São equipes parecidas, do povo. Gosto muito de equipes assim, como na época do São Paulo eu sentia o mesmo, e foi linda essa passagem pelo São Paulo. Me ensinou muita coisa, jogar no São Paulo é completamente diferente”, explicou.

Em 2019, Cueva foi contratado pelo Santos como status de craque, mas fracassou após entrar em atrito com Jorge Sampaoli, então técnico do Peixe. Mesmo após ter deixado o clube, o meia ainda sente mágoa do treinador.

“Não sei se terminou mal porque ele nunca olhou na minha cara. Nunca conversamos cara a cara quando se devia conversar”, disparou Cueva. “Apesar de tudo, não posso negar que (Sampaoli) é um grande técnico. Sei que não posso pedir garantia de jogar sempre, não é assim, mas não aconteceu o que queríamos que acontecesse”, completou o jogador, que atualmente está no Pachuca, do México.