Daniel Alves cobra fim de polêmica sobre Neymar e Cavani: “calem a boca”

  • Por EFE
  • 21/09/2017 14h22
Daniel Alves se incomodou com as declarações de Forlán sobre o desentendimento entre Neymar e Cavani

O lateral-direito Daniel Alves, do Paris Saint-Germain, cobrou nesta quinta-feira (21) que se encerre o assunto envolvendo ele, Neymar e o atacante uruguaio Edinson Cavani, ao mencionar declaração do veterano Diego Forlán, que defendeu o compatriota.

“Calem a boca e deixem de fazer polêmica com meu nome”, escreveu o jogador da Seleção Brasileira, ao comentar tweet publicado pelo perfil de um programa da rádio espanhola Cope, sobre as declarações do ex-Internacional, dadas à rádio uruguaia Sport.

Neymar e Cavani entraram em choque por causa da cobrança de duas bolas paradas, e, em uma delas, Daniel Alves fica com a bola nas mãos, depois de ela estar com o uruguaio, sendo que, em seguida, Neymar tem a posse.

“Não sei que jogo vocês vieram, mas, para a informação de vocês, não tirei a bola de nenhum companheiro. Pelo contrário, me tiraram”, escreveu o defensor.

Mais cedo, Forlán saiu ao ataque à Neymar, garantindo que o brasileiro não faria o mesmo com o argentino Lionel Messi, no Barcelona, e depois lamentou a postura de Daniel Alves, de não apaziguar a situação.

“Tomara que Edi (Cavani) tenha apoio em alguns companheiros, embora haja muitos brasileiros e, neste caso, vão apoiar Neymar, e não ele. Sinceramente, me parece uma injustiça total. Neymar é Neymar, mas Cavani é Cavani”, disse o melhor jogador da Copa do Mundo de 2010.