De Kardec a Beckham: cinco pênaltis que “inspiraram” cobrança bizarra de colombiano

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2017 14h30 - Atualizado em 17/09/2017 14h56
Teó Gutiérrez mandou a bola quase na bandeira de escanteio

Existem pênaltis indefensáveis, como os cobrados por Henrique Dourado no Brasileirão, existem os pênaltis mal batidos, como o do Egídio na Libertadores da América, e tem o pênalti do Teó Gutiérrez do Junior Barranquila, no Campeonato Colombiano.

Neste sábado (16), o atacante com passagens pelo River Plate-ARG, Sporting-POR e seleção colombiana, foi confiante para a cobrança da penalidade na aprtida contra o Tigres, mas ao bater arrancou um tufo de grama e mandou a bola quase na bandeira de escanteio.

A cobrança não interferiu no resultado da partida, já que o Junior Barranquila já estava vencendo por 2 a 0, mas o lance entrou para a lista dos piores pênaltis já cobrados. A Jovem Pan destaca outros momentos constrangedores, que podem ter “inspirado” Teó Gutiérrez. Confira:

Alan Kardec

Semifinal da Copa Sul-Americana de 2014. Alan Kardec entrou no segundo tempo da partida contra o Atlético Nacional. O placar de 1 a 0 levou a decisão para as penalidades. Na cobrança, o camisa 14 escorregou e mandou a bola sobre o gol.

Elano

Elano e pênalti não combinam. O ex-meia ficou marcado por protagonizar alguns lances bizarros. Pela Seleção, na Copa América de 2011, Elano isolou a cobrança na partida contra o Paraguai. No mesmo ano, pelo Peixe, o meia tentou dar uma cavadinha e se deu mal diante do goleiro Felipe.

“Não tem nem o que falar”. BUENO, Galvão.

Amir Sayoud

O argelino Amir Sayoud pode não ter jogado em grandes times, nem conquistado muitos títulos, mas ficou marcado por uma das cobranças de Pênalti mais bizarras da história. Em 2011, quando defendia o Al Ahly, o meia tentou a paradinha, mas ao bater acabou caindo sobre a bola.

Pires e Henry

Em 2005, no duelo entre Arsenal e Manchester City, os franceses Robert Pires e Thierry Henry deram vexame em uma cobrança de pênalti. O camisa 7 do Gunners em vez de cobrar direto para o gol, tentou passar a bola para o companheiro, mas não conseguiu e desperdiçou a penalidade.

Beckham

O astro inglês David Backham ficou conhecido ao longo da carreira pela precisão em lances de bola parada. Mas, nem sempre deu certo, especialmente quando o assunto era pênalti. Em 2004, na Eurocopa perdeu diante do Portugal. Em 2003, nas Eliminatórias, o meia fez feio contra a Turquia.