Diego Costa e João Félix brilham, e Atlético de Madri massacra o Real por 7 a 3 em amistoso 

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2019 22h58 - Atualizado em 26/07/2019 23h01
Divulgação/Atlético de MadriAtlético de Madri goleia o Real por 7 a 3

O Atlético de Madri não tomou conhecimento do Real Madrid e aplicou uma sonora goleada por 7 a 3, na noite desta sexta-feira (26), em amisto realizado em New Jersey, nos Estados Unidos. Com belas atuações de Diego Costa e do recém-contratado João Félix, os “Colchoneros” humilharam o maior rival, em partida válida pelo torneio International Champions Cup.

Em campeonato de pré-temporada, a equipe treinada por Diego Simeone começou a todo vapor e descer para o vestiário vencendo por 5 a 0. No segundo tempo, o Atlético fez mais dois e transformou o resultado em um placar histórico.

Os principais nomes do massacre foram Diego Costa e João Félix. O espanhol balançou a rede quatro vezes, arrumou confusão com Carvajal e saiu de campo mais cedo após ser expulso. Já o novato português deu duas assistências e deixou a sua marca uma vez.

Ángel Correa e Vitolo fizeram os outros gols do Atlético de Madri, que dominou o adversário desde o primeiro minuto e deixou uma excelente impressão para um grupo bem reformulado.

Já o Real Madrid foi apático desde o primeiro minuto de jogo. No segundo tempo, Nacho, Benzema e La Fuente ainda descontaram. As atuações vergonhosas de Marcelo, Hazard, Vinícius Jr e companhia, no entanto, ficaram marcadas.

Atlético começa a mil por hora

Atlético e Real entraram em campo, no MetLife Stadium, em sintonias completamente diferentes. Enquanto o Real jogou como um verdadeiro amistoso em uma sexta-feira, o Atlético parecia que estava disputando uma final de Liga dos Campeões.

Assim, logo no primeiro minuto de embate, Diego Costa recebeu assistência de João Félix e tirou o zero do placar. Aos 8, foi a vez de Saul roubar a bola de Vinícius Jr e acionar o português, que marcou pela primeira vez com a camisa do Atlético.

Aos 19, Ángel Correa recebeu de Koke e bateu bem para ampliar. Pouco depois, em saída errada dos Merengues, a bola sobrou para Diego Costa, que não perdoou. Aos 45, ainda deu tempo para Diego Costa converter penalidade e fazer o quinto.

Mudanças e briga deixa o jogo maluco

Testando os seus jogadores, ambas equipes fizeram modificações na segunda etapa. O Atlético, no entanto, seguiu melhor e ampliou com o brasileiro naturalizado espanhol. Diego, no entanto, saiu de campo mais cedo após confusão com Carvajal. Eles se estranharam após o lateral cometer falta dura e os dois foram expulsos.

O Real até reagiu na sequência com Nacho, mas levou mais um, agora de Vitolo. Depois de inúmeras alterações, o Real marcou mais duas vezes nos minutos finais.