Diretoria do São Paulo planeja conversar com o meia Kaká ainda neste ano

  • Por Estadão Conteúdo
  • 30/10/2017 19h00 - Atualizado em 30/10/2017 19h22
Orlando City/DivulgaçãoKaká atuou as últimas três temporadas no Orlando City, nos Estados Unidos

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, pretende se reunir ainda neste ano com o meia Kaká para iniciar as conversas sobre um possível retorno do jogador ao clube tricolor em 2018. A tendência é que o encontro aconteça somente depois do Campeonato Brasileiro, no início de dezembro.

Leco já havia confirmado que o clube tomaria a iniciativa para tentar trazer Kaká de volta, mas o assunto é tratado com cautela A intenção do São Paulo, antes de fazer uma oferta, é entender os planos do atleta para o futuro, uma vez que o jogador não descarta uma aposentadoria no fim desta temporada.

Kaká atuou as últimas três temporadas no Orlando City, nos Estados Unidos, mas não renovou o contrato neste ano e vem deixando em aberto a possibilidade de retornar para o futebol brasileiro. O jogador está com 35 anos e um histórico recente de lesões que podem pesar na decisão de continuar ou não jogando futebol profissionalmente.

Internamente, a prioridade no São Paulo é a reta final do Brasileirão, onde o time ainda luta para somar os 47 pontos para afastar de vez o risco de rebaixamento. O planejamento do elenco para 2018 vem sendo debatido aos poucos.

Revelado pelo São Paulo, Kaká deixou o clube em 2003 para jogar no Milan. Em 2007, foi eleito o melhor jogador do mundo e em 2009 se transferiu para o Real Madrid. Em 2013, voltou ao clube italiano e no ano seguinte acertou a sua ida para o Orlando City Porém, como a temporada da Major League Soccer, iria abrir só em março de 2015, ele foi emprestado ao São Paulo até o fim de 2014.