Eliminado após levar 7 gols, Alisson é exaltado por ex-Roma: “top 3 do mundo”

  • Por Jovem Pan
  • 02/05/2018 17h40 - Atualizado em 03/05/2018 15h55
Peter Powell/EFEAlisson não conseguiu evitar a eliminação da Roma para o Liverpool na semifinal da Liga dos Campeões da Europa

Alisson sucumbiu ao espetacular trio de ataque do Liverpool e foi eliminado na semifinal da Liga dos Campeões da Europa após levar sete gols em dois jogos. O número pesa, é verdade, mas o goleiro da Roma encerra a temporada em alta, como um dos destaques da principal surpresa do continente em 2017/18.

Os predicados de Alisson são respeitáveis: além de titular da Seleção Brasileira, o gaúcho de Novo Hamburgo chega ao meio do ano como um dos nomes mais cobiçados do próximo mercado de transferências – finalistas da Champions, Real Madrid e Liverpool são apontados como os prováveis destinos do ex-goleiro do Internacional após a Copa do Mundo.

E tamanho prestígio não é um exagero – pelo menos para Júlio Sérgio, histórico ex-goleiro da Roma.

“O Alisson, nesse ano, se não foi o melhor goleiro do mundo, está seguramente entre os três”, afirmou o brasileiro de 39 anos, em entrevista exclusiva a José Manoel de Barros que vai ao ar no próximo fim de semana, na Rádio Jovem Pan.

Hoje técnico do Linense, Júlio Sérgio defendeu o time da capital italiana entre 2006 e 2013. Foi reserva de Doni durante quase todo o período, é verdade, mas goza de enorme prestígio junto à torcida romanista.

Ele não poupou elogios ao compatriota.

“Eu acompanho a Roma de perto, e o Alisson fez uma temporada impressionante, espetacular. Foi fundamental para o time em muitos momentos. Sem dúvida nenhuma, merece a titularidade da Seleção na Copa”, avaliou.

Até o Mundial da Rússia, Alisson entrará em campo mais três vezes pela Roma – todas pelo Campeonato Italiano. Se serão as últimas três partidas do goleiro pela equipe giallorossa, só o tempo, e os milhões de euros de Real Madrid e Liverpool, dirão…