Everton e David Neres se destacam e complicam situação de Vinicius Jr. na Seleção

  • Por Jovem Pan
  • 27/03/2019 10h44
EFE/Rodrigo JiménezVinicius tem concorrência forte na Seleção Brasileira

Uma das principais promessas do futebol brasileiro, Vinicius Jr. foi convocado para defender a Seleção em 2 amistosos e seria a principal atração do time. Mas ele se lesionou jogando pelo Real Madrid e teve que ser cortado. Pior: outros 2 jovens, que atuam na mesma posição que ele, acabaram se destacando. Everton, do Grêmio, e David Neres, do Ajax, complicaram a situação de Vinicius na briga por uma vaga na Copa América de 2019.

Nenhum dos 2 foi titular. O técnico preferiu escalar Richarlison e Philippe Coutinho nas pontas, tanto no jogo contra o Panamá quanto na partida diante da República Tcheca. E não deu certo. Ainda que Richarlison tenha tido bons momentos, o Brasil sofreu com eles em campo. Primeiro só conseguiu um empate contra uma seleção frágil. Depois, diante dos europeus, saiu atrás no placar e só conseguiu virar quando aconteceram substituições.

Everton saiu do banco nas duas partidas. Em ambas ele mostrou mais vontade e ousadia do que os demais jogadores do Brasil. Em alguns momentos ele exagerou nas jogadas individuais, mas a equipe precisava arriscar esses lances para furar as retrancas adversárias.

Já David Neres só entrou em campo contra os tchecos. E deu show: primeiro acertou uma assistência para Gabriel Jesus e depois deu um toque de calcanhar que originou o terceiro gol. É cabível dizer que a virada só foi concretizada porque o ex-jogador do São Paulo aproveitou a oportunidade.

Enquanto isso, Vinicius Jr. trabalhou forte no Real Madrid para se recuperar fisicamente. Ele até diminuiu o prazo de recuperação recentemente e com certeza voltará a jogar antes da convocação final,, que será em maio.

Coutinho, Neymar e Richarlison certamente serão convocados por Tite para a Copa América. Então sobram uma ou no máximo duas vagas para atacantes que jogam pelas pontas. Vinicius Jr. disputa essa convocação com Everton, David Neres e outros jogadores mais experientes. Douglas Costa, por exemplo, só não foi chamado para os amistosos porque estava lesionado. Willian e Lucas Moura também já receberam chances na Seleção recentemente. Malcom, que já foi convocado uma vez, e Dudu, que já foi pedido pela torcida, dificilmente conseguirão entrar nessa briga. Por enquanto a única certeza é que Tite terá uma boa dor de cabeça para decidir entre tantas opções.