Ex de Ronaldinho Gaúcho relata agressão: ‘Ele me empurrou com força’

  • Por Jovem Pan
  • 05/07/2019 10h44
EFERonaldinho Gaúcho, ex-jogador de futebol

Priscila Coelho, ex esposa de Ronaldinho Gaúcho, revelou que foi agredida por ele em dezembro de 2018. De acordo com a mulher de 32 anos, o antigo craque do Barcelona e da seleção brasileira teria a empurrado com força após uma discussão que resultou no término do relacionamento.

“Me arrependo amargamente de não ter chamado a polícia. Durante uma briga, ele me empurrou com força e eu caí no jardim do vizinho. Tinha espinhos na grama e eu me machuquei bastante. Passei duas horas ali, chorando, sem acreditar no que tinha acontecido. Não denunciei porque pensei que pudéssemos conversar e nos resolver; afinal, foram seis anos juntos. Mas me enganei”, disse Priscila, em entrevista ao portal UOL, publicada nesta sexta-feira (5).

A mulher contou que a discussão iniciou-se após Gaúcho receber ligações de uma ex-namorada. O antigo jogador, segundo Priscila, respondeu que “ex-namoradas poderiam ligar a hora que quisessem.”

“Ele ficou bravo e falou que ex-namoradas poderiam ligar a hora que quisessem e que se eu estivesse insatisfeita, deveria pegar minhas coisas e ir embora. Falei que ele não tinha me achado no lixo e que não tinha direito de me tratar assim”, lembrou.

“Ele me pegou pelo braço e disse que me ajudaria a arrumar minhas coisas para que eu saísse. Pedi pra conversar, mas ele entrou no carro pra sair de casa. Fui atrás, e ele me empurrou com força. Passei três dias sem comer, trancada no quarto, tentando falar com ele”, continuou.

Priscila, Ronaldinho e Beatriz formavam um trisal, relacionamento que envolvia três pessoas, de forma consentida por todas. No entanto, Priscila decidiu sair do triângulo amoroso devido a violência. Ela, inclusive, decidiu ir processar o ex-atacante.