Ex-presidente acusa diretoria de querer vender Neymar “sem que se note”

  • Por EFE
  • 02/08/2017 13h35 - Atualizado em 02/08/2017 13h36
Barcelona deve receber 222 milhões de euros com a venda de Neymar

O ex-presidente do Barcelona Joan Laporta acusou nesta quarta-feira (2) a atual diretoria do clube, presidida por Josep Maria Bartomeu, de querer vender Neymar ao Paris Saint-Germain e utilizar o pagamento da multa rescisória do jogador para camuflar a necessidade de negociar o atacante.

“O até logo de Neymar é mais uma prova da incompetência desta diretoria e, por problemas econômicos, precisam vendê-lo sem que se note”, afirmou Laporta pelo Twitter.

O atacante brasileiro comunicou nesta quarta ao Barcelona a intenção de deixar o PSG. O clube catalão permitiu o jogador a negociar a transferência, mas deixou claro que só o liberará mediante o pagamento integral da multa rescisória de 222 milhões de euros.