Excelência gringa? Brasileirão 2022 bate recorde de técnicos estrangeiros

Campeonato começou neste sábado, 9, com diversos sotaques nos bancos de reserva e esperanças de taça

  • Por Jovem Pan
  • 10/04/2022 08h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/Giuseppe Cacace/AFP/MARCELLO ZAMBRANA/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO Abel Ferreira e Vitor Pereira vão se enfrentar pela primeira vez no clássico entre Palmeiras e Corinthians Arquirrivais em São Paulo tem portugueses no comando; Santos conta com argentino

A discussão sobre técnicos estrangeiros x técnicos brasileiros tem dominado o cenário do futebol nos últimos anos. Os ótimos trabalhos de Jorge Jesus, no Flamengo, e Abel Ferreira, no Palmeiras, criaram uma obsessão dos clubes com profissionais de fora do país para buscar o topo e empilhar taças. E isso se reflete no Brasileirão 2022, que entra para a história como a edição com o maior número de treinadores estrangeiros até hoje: nove ao todo. Em 2021 foram oito. Os portugueses dominam a lista com quatro nomes: Abel Ferreira (Palmeiras), Paulo Sousa (Flamengo), Vítor Pereira (Corinthians) e Luís Castro (Botafogo). Na América do Sul, os argentinos são os mais ‘populares’ com Juan Pablo Vojvoda (Fortaleza), Antonio Mohamed (Atlético Mineiro) e Fabián Bustos (Santos). O paraguaio Gustavo Morínigo (Coritiba) e o uruguaio Alexander Medina (Internacional) completam a lista. Curiosamente, o mais longevo no cargo é Abel, que está no comando do alviverde paulista há dois anos. No entanto, os brasileiros levam vantagem ao erguer taças do Brasileirão: nos últimos 10 anos, sete treinadores ‘da casa’ levantaram a taça, sendo dois deles duas vezes (Marcelo Oliveira com o Cruzeiro em 2013 e 2014, e Cuca com o Palmeiras em 2016 e com o Atlético-MG em 2021). O único estrangeiro a vencer foi Jorge Jesus em 2019.

Técnicos campeões do Brasileirão nos últimos 10 anos:

  • Abel Braga – Fluminense em 2012
  • Marcelo Oliveira – Cruzeiro em 2013 e 2014
  • Tite – Corinthians em 2015
  • Cuca – Palmeiras em 2016
  • Fábio Carille – Corinthians em 2017
  • Felipão – Palmeiras em 2018
  • Jorge Jesus – Flamengo em 2019
  • Rogério Ceni – Flamengo em 2020
  • Cuca – Atlético Mineiro em 2021

Número de técnicos estrangeiros no Brasileirão nos últimos 10 anos:

2021 – oito
2020 – sete
2019 – dois
2018 – um
2017 – dois
2016 – quatro
2015 – dois
2014 – dois
2013 – x
2012 – x