Federer reduz diferença, mas Nadal deve confirmar nº 1 até o fim do ano

  • Por Estadão Conteúdo
  • 30/10/2017 11h00
Alexandra Wey / EFEFederer conquistou no último fim de semana seu oitavo título na Basileia

O suíço Roger Federer reduziu a diferença para Rafael Nadal no ranking da ATP, segundo atualização desta segunda-feira (30), mas praticamente se despediu da briga por terminar o ano na liderança. Por ter desistido de disputar o Masters 1000 de Paris, nesta semana, o suíço não conseguirá ameaçar o topo do espanhol.

Federer foi campeão do Torneio da Basileia, em casa, no domingo (29). Com o título, reduziu em 500 pontos a diferença para o rival. Assim, Nadal tem frente de 1.460 pontos sobre o suíço, faltando ainda dois torneios a serem disputados nesta reta final da temporada. Federer, porém, só estará em um deles, o ATP Finals. Nadal jogará em Paris também.

Desta forma, o tenista da Espanha assegurará a posição de número 1 até o início da próxima temporada se vencer apenas um jogo em Paris, nesta semana. Se cair na estreia, num resultado surpreendente, Nadal ainda poderá garantir o topo no ATP Finals, que vai reunir os oito melhores do ano em Londres, na semana seguinte.

Federer desistiu de ir à Paris alegando cansaço físico, após vencer na Basileia. O suíço afirmou no domingo que não tem a liderança do ranking como prioridade e pretende voltar o seu foco para a briga pelo título do ATP Finals.

Pelo ranking atualizado nesta segunda, o Top 10 sofreu apenas uma alteração. O alemão Alexander Zverev retomou o quarto lugar, devolvendo Marin Cilic para o quinto posto. Zverev subiu porque o croata não conseguiu defender os pontos do título obtido na Basileia no ano passado. Na semana passada, ele caiu na semifinal. Foi a única mudança na restrita lista dos tenistas profissionais.

O escocês Andy Murray segue no terceiro posto, à frente de Zverev. Após Cilic, vêm o austríaco Dominic Thiem, o sérvio Novak Djokovic, o búlgaro Grigor Dimitrov, o suíço Stan Wawrinka e o belga David Goffin.

Entre os brasileiros, somente Thiago Monteiro subiu nesta semana, mas figura somente na 131ª posição do ranking, fora portanto da zona de classificação direta para os torneios de Grand Slam. Ele deve disputar o qualifying para entrar no Aberto da Austrália, em janeiro do próximo ano.

Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci voltaram a cair na lista da ATP. Rogerinho caiu sete posições e aparece agora na 95ª colocação. Bellucci, fora do Top 100, perdeu quatro colocações. É o 107º do mundo, perto da linha de corte daqueles que garantem vaga direta nos Slams.

Confira a lista dos 20 primeiros colocados do ranking:

1º – Rafael Nadal (ESP), 10.465 pontos
2º – Roger Federer (SUI), 9.005
3º – Andy Murray (ESC), 4.790
4º – Alexander Zverev (ALE), 4.400
5º – Marin Cilic (CRO), 4.185
6º – Dominic Thiem (AUT), 3.935
7º – Novak Djokovic (SER), 3.765
8º – Grigor Dimitrov (BUL), 3.650
9º – Stan Wawrinka (SUI), 3.360
10º – David Goffin (BEL), 2.975
11º – Pablo Carreño Busta (ESP), 2.650
12º – Milos Raonic (CAN), 2.555
13º – Sam Querrey (EUA), 2.525
14º – John Isner (EUA), 2.505
15º – Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.490
16º – Kevin Anderson (AFS), 2.470
17º – Juan Martin del Potro (ARG), 2.435
18º – Lucas Pouille (FRA), 2.235
19º – Tomas Berdych (RCH), 2.230
20º – Kei Nishikori (JAP), 2.175

95º – Rogério Dutra Silva (BRA), 592
107º – Thomaz Bellucci (BRA), 531
131º – Thiago Monteiro (BRA), 435