Ferroviária busca empate, frustra estreia de Gabigol e Santos perde a liderança do Grupo D

  • Por Jovem Pan
  • 10/02/2018 18h28 - Atualizado em 11/02/2018 01h06
THIAGO CALIL/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOGabigol reestreou com gol, mas não conseguiu sair com a vitória em Araraquara

O Santos segue sem vencer no Campeonato Paulista. Após ser derrotado no clássico com o Palmeiras, o time de Jair Ventura sofreu um novo empate, desta vez diante da Ferroviária, e soma agora o seu terceiro jogo consecutivo sem vitórias. 

Os destaques da partida foram os dois atacantes que chegaram para reforçar o ataque santista nesta temporada. Primeiro Eduardo Sasha e depois Gabigol, que fez sua reestreia com a camisa alvinegra e já balançou as redes. Vanderlei, que defendeu um pênalti no primeiro tempo, também brilhou, mas não conseguiu evitar os ataques rápidos da Ferroviária, que conseguiu deixar o placar em 2 a 2 em Araraquara, pela sexta rodada do Campeonato Paulista.

Com o empate, o Santos perde a liderança do Grupo D. O time soma oito pontos, contra nove do Botafogo, que venceu o Ituano em Ribeirão Preto por 1 a 0. Já a Ferroviária, com apenas uma vitória neste Paulistão, permanece com a lanterna do Grupo C, liderado pelo Palmeiras.

O placar foi aberto aos 28 minutos do primeiro tempo, quando Sasha recebeu a bola cruzada por Daniel Guedes e, de cabeça, conseguiu furar o bloqueio do goleiro Tadeu para balançar as redes.

A Ferroviária ainda teria a chance do empate poucos minutos depois. Aos 36, Renato foi derrubado por Caju e o árbitro Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza deu o pênalti para a equipe de Araraquara. Coube a Velicka a missão de fazer a batida, que foi espalmada por Vanderlei no canto esquerdo.

A defesa não intimidou o time do interior, que voltou ainda mais ofensivo no segundo tempo. Numa jogada de contra-ataque, Leo Castro, que entrou após o intervalo, recebeu a bola cruzada por Wellinton Júnior, se antecipou a David Braz e deixou tudo igual.

A resposta santista veio apenas dois minutos depois, também num contra-golpe. Daniel Guedes passou por tudo mundo e encontrou Gabigol que, de frente com o goleiro Tadeu, bateu no lado direito do gol e colocou o Santos novamente na frente do placar.

Mesmo perdendo o pênalti, Velicka continuou sendo o batedor da Ferroviária. Foi numa falta cobrada por ele que o time do técnico PC Oliveira conseguiu marcar o seu segundo gol e o empate. Quem se aproveitou da bola cruzada foi o zagueiro Luan, que bateu bonito e deixou Vanderlei sem reação.

O Santos volta a jogar na próxima quarta-feira (14), em casa, contra o São Caetano. No mesmo dia, a Ferroviária recebe o Santo André, que na última sexta (9) bateu o Corinthians.