Vice de futebol do Fla diz lamentar oposição de Fluminense e Botafogo a retorno do Carioca

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2020 21h05
Alexandre Vidal/FlamengoMarcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo

Marcos Braz, vice-presidente de futebol do Flamengo, minimizou o impasse causado pela volta do Campeonato Carioca, e lamentou a posição dos rivais Fluminense e Botafogo, que se posicionaram contra o retorno do Estadual. Na entrevista, o dirigente também falou sobre as transações recentes envolvendo o clube, confirmando que Pablo Marí foi vendido ao Arsenal, e que os contratos de Diego Ribas e Diego Alves só serão discutidos quando a temporada for retomada em definitivo.

“É evidente que o cenário em que estamos hoje não é o cenário que a gente gostaria. Essa pandemia trouxe uma doença que é nova, em que todos nós ainda estamos aprendendo a conviver com isso. Tivemos que realizar uma série de readequações, inclusive de quando iríamos voltar com as atividades e, consequentemente, com os campeonatos”, declarou Braz.

“O que eu posso falar é que o Flamengo já voltou a treinar há um mês, com uma sequência muito boa de treinos. Sempre digo que o Flamengo nunca pode ficar é na inércia, de parar tudo e esperar o que vai acontecer. Estamos muito tranquilos com relação a isso e vamos aguardar uma definição”, afirmou.

O Campeonato Carioca foi retomado na quinta-feira passada, com a partida entre Flamengo e Bangu, no Maracanã. Mas não teve a sequência programada para o fim de semana. Os times menores atuaram, já o Vasco teve seu compromisso adiado.

Em decisão inesperada, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, anunciou que os jogos antes previstos para segunda e quarta-feira desta semana não poderiam acontecer, fato que trouxe mais indefinições para o campeonato.

Fluminense e Botafogo apresentam resistência para o retorno do Estadual. Os clubes alergam que a realização dos jogos neste momento não é segura.

“O Flamengo tem a posição dele sobre a maneira de pensar e de agir. Sobre o Botafogo e Fluminense, essa pergunta deve ser feita para o vice-presidente deles. A única coisa que eu acho é que no dia que paramos por segurança e contribuição à sociedade, no dia seguinte já estávamos nos programando para o retorno das atividades. Isso não quer dizer que seríamos irresponsáveis. Fluminense e Botafogo não querem entrar em campo. Respeito a posição deles, mas lamento. Só vamos estar seguros 100% quando existir uma vacina ou um remédio”, comentou.

Contratos

Braz também comentou os contratos do elenco do Fla. Ele revelou que o zagueiro Pablo Marí foi negociado em definitivo com o Arsenal. “O Pablo Marí foi vendido, de fato. Não há nenhuma dúvida com relação a isso. Sabemos que ele sofreu uma lesão grave, mas esse assunto já está resolvido e quando chegar o momento certo os números sairão nos balanços do clube.”

As eventuais renovações de contrato com Diego Alves e Ribas vão seguir pendentes até a definição do calendário definitivo da temporada. “Desde que começamos a fazer a readequação financeira, decidimos que iríamos tratar essas questões um pouco mais na frente. Como se trata de renovação, os dois atletas são importantíssimos e têm os contratos se encerrando no final do ano. Temos como data para iniciar essas renovações, dez ou 15 dias antes de começar o Campeonato Brasileiro. São dois jogadores consagrados aqui no clube e muito importantes para o elenco. Eles sabem disso. Com certeza vamos analisar a situação de cada um da melhor maneira possível.”

* Com Estadão Conteúdo