Flamengo vence o Universidad Católica e avança às oitavas da Libertadores

O rubro-negro chegou aos 13 pontos na liderança do Grupo H e não podem mais ser alcançados

  • Por Jovem Pan
  • 17/05/2022 23h47
THIAGO RIBEIRO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO flamengo x universidad católica Pedro marcou o último gol do Flamengo na partida

O Flamengo fez um bom jogo e venceu o Universidad Católica por 3 a 0 e se classificou antecipadamente às oitavas de final da Copa Libertadores nesta quarta-feira, 17. O rubro-negro entrou no gramado sob enorme pressão pela falta de resultados positivos. Nervosos, os torcedores ensaiaram diversas músicas em tom de cobrança com “raça, respeito, disposição e comprometimento”. O jogo começou tenso. Em dois minutos, Andreas e Matheuzinho já estavam pendurados ao levarem cartão amarelo por falta em Saavedra. Gabriel perdeu boa chance e logo vibrou em repeteco dos lances de gols contra o Ceará. Cruzamento de Arrascaeta e cabeçada de Arão para as redes. Terceiro gol seguido em cabeçada do volante e assistência do uruguaio. Muito superior em campo, o Flamengo demonstrava que os gols seriam questão de tempo. Após desperdiçar algumas oportunidades, o time ampliou em linda trama que começou na defesa. Bruno Henrique recebeu na esquerda e rolou para Arão achar Arrascaeta.

O uruguaio tocou para Matheuzinho cruzar, Bruno Henrique ajeitou de cabeça e Everton Ribeiro deu peixinho para ampliar. Linda jogada coletiva e nova festa em volta de Paulo Sousa. Hugo, nervoso, quase entregou antes do intervalo. A trave o salvou. Depois de novos protestos no retorno ao gramado, Hugo Souza fez duas boas defesas e acabou ganhando uma trégua, ao ser aplaudido após o segundo lance. Em um dos contra-ataques, o cruzamento de Matheuzinho quase terminou com gol de Gabigol. O atacante chegou um pouco atrasado no carrinho e se desesperou por mais uma vez não conseguir marcar. Já com mais de a metade do jogo, o português resolveu poupar Bruno Henrique, Gabigol e Matheuzinho. Pedro fez um belo gol, driblando duas vezes o marcador antes de mandar para as redes. O Flamengo chegou aos 13 pontos na liderança do Grupo H.

*Com informações do Estadão Conteúdo