Adidas suspende patrocínio à Federação Russa de Futebol

Anúncio foi feito pela fornecedora de material esportivo nesta terça-feira, 1º; na segunda, a equipe masculina foi excluída da Copa do Mundo de 2022

  • Por Jovem Pan
  • 01/03/2022 12h18 - Atualizado em 01/03/2022 12h20
Odd ANDERSEN / AFP Adidas Empresa não foi a primeira fornecedora a cortar patrocínio de equipes esportivas russas

Em meio ao avanço das tropas da Rússia no território ucraniano, o esporte russo sofreu uma nova sanção. Isso porque, em resposta à invasão à Ucrânia, a Adidas, uma das maiores empresas de equipamentos esportivos, anunciou que suspendeu o patrocínio à Federação Russa de Futebol. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 1º, quando acontece o sexto dia de embates entre os dois países. “A Adidas suspende, com efeito imediato, seu patrocínio à Federação Russa de Futebol”, declarou a empresa, que em 2020 registrou 2,9% de seu faturamento na região de Rússia, Ucrânia e países da extinta União Soviética. Na segunda, a Uefa rescindiu o contrato com a Gazprom, gigante do setor energético russo que tinha contrato estimado em 40 milhões de Euros. Outros contratos de patrocinadores com outros esportes, como o ciclismo, já haviam sido rompidos. Ainda na segunda, a Uefa e a Fifa decidiram suspender a seleção da Rússia, excluindo o país da Copa do Mundo de 2022.

*Com informações da AFP