Agência: Recém-contratado, Malcom pode deixar o Zenit após atos racistas

  • Por Jovem Pan
  • 05/08/2019 10h21
Divulgação/ZenitMalcom sofreu insultos racistas em sua estreia pelo Zenit

Malcom foi contratado na semana passada pelo Zenit, mas já pode ser negociado pelo clube russo. De acordo com a agência de notícias local “RIA Novosti”, o clube estuda vender o ex-atacante do Barcelona, adquirido na última sexta-feira (2) por 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 169 milhões).

“Talvez o Zenit venda o Malcom já em janeiro (na próxima janela de transferências) devido aos problemas de racismo. Os torcedores do Zenit não o aceitam”, disse uma fonte próxima da situação à agência.

O brasileiro Malcom sofreu um caso de racismo em sua estreia no último sábado (3). No momento em que o atacante entrou em campo, torcedores do Zenit levantaram uma faixa contra o ex-corintiano. A informação foi divulgada pela imprensa russa e repercutida mundialmente.

“Obrigado aos diretores por respeitarem nossas tradições”, dizia a faixa dos torcedores do Zenit. A mensagem era uma ironia com relação aos dirigentes do clube.