Árbitro chileno é escalado para final da Libertadores entre River e Flamengo

  • Por Jovem Pan
  • 12/11/2019 12h28
EFEO Flamengo enfrentará o River Plate na final da Libertadores 2019

A Conmebol definiu nesta terça-feira (12) a escala de arbitragem para a final da Libertadores 2019, que será disputada entre River Plate e Flamengo, no dia 23 de novembro. Experiente, o chileno Roberto Tobar será o dono do apito na decisão que acontece no Estádio Monumental, em Lima, no Peru.

Roberto Tobar está em alta com a entidade sul-americana. Isso porque ele também comandou a final da Copa América 2019, vencida pelo Brasil diante do Peru, no meio deste ano. Além disso, o juiz de 41 anos também esteve à frente da arbitragem na Recopa Sul-Americana 2019 e também na Copa Sul-Americana do ano passado, conquistada pelo Athletico-PR.

Nesta edição da Libertadores, Tobar apitou dois jogos do Rubro-Negro: O empate em 0 a 0 com o Peñarol, no Uruguai, e a vitória por 2 a 0 do Flamengo diante do Internacional, no Rio de Janeiro, nas quartas de final.

Na temporada passada, Tobar também participou de jogos importantes da Libertadores, como o 2 a 0 do Boca Juniors sobre o Palmeiras, em partida de ida válida pela semifinal.

Renomado, o chileno foi eleito o melhor árbitro de seu país em 2013 e 2014, tem categoria FIFA desde 2011 e apitou jogos internacionais pela primeira vez em 10 de abril de 2014.

Apesar disso, Tobar já foi acusado de ter chamado um jogador para a briga, além de ter seu nome envolvido em um esquema de montagem de escala no seu país.

Confira a escala completa: 

  • Árbitro principal: Roberto Tobar (Chile)
  • Assistente 1: Christian Schiemann (Chile)
  • Assistente 2: Claudio Rios (Chile)
  • Quarto Árbitro: Andre Rojas (Colômbia)
  • VAR: Diego Haro (Peru)
  • Assistente VAR: Piero Maza (Chile)
  • Assistente VAR: Alexandre Guzman (Colômbia)
  • Assistente VAR: Esteban Ostojich (Uruguai)