Atlético de Madri questiona saída de Griezmann ao Barça e exige mais R$ 336 milhões

  • Por Jovem Pan
  • 12/07/2019 14h39
Kiko Huesca / EFEGriezmann é o novo reforço do Barcelona

O Atlético de Madri emitiu um comunicado oficial nesta sexta-feira (12) questionando a contratação de Antoine Griezmann pelo Barcelona. O time madrileno alega que o acordo entre as partes foi costurado antes da multa rescisória baixar de 200 milhões de euros (R$ 843 milhões)  para 120 milhões de euros (R$507 milhões).

Em nota, o time madrileno afirmou que o Barça depositou os 120 milhões de euros nesta sexta. Contudo, os “Colchoneros” questionam a forma como a negociação conduzida, já que o acordo estaria fechado antes da multa contratual cair, no dia primeiro de julho.

Griezmann anunciou que sairia do time no dia 14 de maio, sem divulgar quem pagaria a mula. A imprensa espanhola, no entanto, sempre colocou o futuro do atacante no Barcelona.

Veja a nota na íntegra:

“Antoine Griezmann, representado por um advogado, compareceu na sede da Liga de Futebol Profissional (La Liga) para rescindir unilateralmente o contrato entre o jogador e Atlético de Madri, tendo depositado o Football Club Barcelona em nome do jogador a quantidade de 120 milhões de euros.

O Atlético de Madri acredita que o valor depositado é insuficiente para atender a sua cláusula de rescisão, uma vez que é evidente que o compromisso do jogador e do Futebol Club Barcelona foi fechado antes de a cláusula ser reduzida de 200 para 120 milhões de euros. Foi também antes da data em que a cláusula foi modificada a comunicação que o jogador fez em 14 de maio, anunciando sua desvinculação do clube.

O Atlético de Madri acredita que a rescisão do contrato ocorreu antes do final da temporada passada devido a eventos, atos e demonstrações realizadas pelo jogador e é por isso que ele já começou os procedimentos que considera adequados para a defesa de seus direitos e interesses legítimos”