Barcelona não cogita negociar Messi: ‘intransferível’, diz presidente

Bartomeu confirma Ronald Koeman como novo treinador do time, e diz que craque argentino faz parte do novo projeto

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2020 19h33
EFE/EPA/Manu FernandezSegundo Bartomeu, Messi 'sabe que há um novo projeto com um novo treinador que conta com ele'

Em meio às especulações de que Messi estaria de saída do Barcelona, que vive um dos momentos mais conturbados da história, o presidente do clube, Josep Mariaa Bartomeu, afirmou que o craque é “intransferível”, e praticamente confirmou a contratação de Ronald Koeman como novo técnico do time. Em entrevista ao canal de TV oficial do clube, ele ratificou suas declarações após a goleada de 8 a 2 sofrida para o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões, de que o Barcelona passará por uma “profunda renovação”, mas citou que jogadores como Ter Stegen, Lenglet, Semedo, De Jong, Dembélé e Griezmann não estão à venda – além, claro, de Messi – “é intransferível, e ele já o sabe”, disse.

Bartomeu afirmou ainda que “se nada der errado, (Ronald) Koeman será o novo treinador” da equipe catalã. “Koeman foi o primeiro candidato, nossa primeira escolha em dezembro (para suceder Ernesto Valverde), mas naquela época ele nos disse que tinha uma responsabilidade para com a seleção holandesa, pois queria liderá-la na Eurocopa”, revelou.

Com a desistência do holandês, zagueiro do Barça de 1989 a 1995, o clube contratou Quique Setién, demitido após o fiasco na Liga dos Campeões. “Agora apostamos nele, porque sabemos bem como pensa e como gosta que suas equipes joguem, e também por causa de sua experiência. Ele fez parte do ‘Dream Team’ (como ficou conhecido o Barcelona no início dos anos 90, treinado por Johan Cruyff) e se encaixa em nossa filosofia”, acrescentou.

Bartomeu também enfatizou que Koeman conta com a presença do craque argentino no elenco – “é o pilar do seu projeto”. “Messi tem contrato com o Barcelona até 2021 e sabe que há um novo projeto com um novo treinador que conta com ele”, declarou.

* Com Estadão Conteúdo