Beckham recebe prêmio da Uefa por carreira e trabalhos humanitários

  • Por EFE
  • 21/08/2018 12h52
ReproduçãoBeckham foi chamado de "ícone futebolístico de sua geração"

O ex-jogador inglês David Beckham recebeu o Prêmio Presidente da Uefa, entregue pelo mandatário da entidade, o esloveno Aleksander Ceferin, conforme veiculou nesta terça-feira (21) o site oficial da confederação europeia.

“Tem sido um embaixador global do futebol, promovendo a modalidade e seus valores pelo mundo. Os seus esforços humanitários incansáveis, que ajudaram a vida de inúmeras crianças, também devem ser elogiados. Beckham é um verdadeiro ícone futebolístico de sua geração”, explicou o dirigente, em comunicado.

O ex-Manchester United, Real Madrid e Paris Saint-Germain, entre outros, receberá o troféu o fim deste ano, em solenidade que acontecerá em Mônaco. O inglês comentou e agradeceu a homenagem, também na nota divulgada apela Uefa.

“Durante a minha carreira dei sempre 100% e tentei respeitar ao máximo valores como o trabalho em equipe e o ‘fair play’. Por isso, estou orgulhoso por me juntar a ilustre lista de jogadores que já foram honrados com esse prêmio”, disse Beckham.

Além dos feitos em campo, como o título da Liga dos Campeões, conquistado em 1999, quando o Manchester United venceu o Bayern de Munique, o inglês também destacou os trabalhos humanitários que realizam.

“A minha carreira no futebol me permitiu participar ativamente, na tentativa de melhorar a vida de inúmeras crianças espalhadas pelo mundo, em cooperação com a Unicef. Isso me dá imenso prazer, de ser capaz de retribuir algo à sociedade”, garantiu.

Confira outras personalidades que receberam o Prêmio Presidente da Uefa:.

– 1998: Jacques Delors (Comissão Europeia, França).
– 2000: Guy Roux (França).
– 2001: Juan Santisteban (Espanha).
– 2002: Bobby Robson (Inglaterra).
– 2003: Paolo Maldini (Itália).
– 2004: Ernie Walker (Escócia).
– 2005: Frank Rijkaard (Holanda).
– 2006: Wilfried Straub (Alemanha).
– 2007: Alfredo Di Stéfano (Argentina/Espanha).
– 2008: Bobby Charlton (Inglaterra).
– 2009: Eusébio (Portugal).
– 2010: Raymond Kopa (França).
– 2011: Gianni Rivera (Itália).
– 2012: Franz Beckenbauer (Alemanha).
– 2013: Johan Cruyff (Holanda).
– 2014: Josef Masopust (República Tcheca).
– 2017: Francesco Totti (Itália).
– 2018: David Beckham (Inglaterra).