Borussia Dortmund encerra jejum, vence Leverkusen e sustenta vantagem no Alemão

  • Por Jovem Pan
  • 24/02/2019 16h47
EFEJacob Bruun e Jadon Sancho comemoram vitória em cima do Bayer
Com a liderança no Campeonato Alemão ameaçada, o Borussia Dortmund enfim reagiu. Após cinco tropeços seguidos, sendo três pela competição, o time conseguiu um emocionante triunfo sobre o Bayer Leverkusen ao derrotá-lo por 3 a 2, em partida disputada em casa, no Signal Iduna Park, e válida pela 23ª rodada.

O triunfo deste domingo levou o Borussia Dortmund aos 54 pontos, com três de vantagem para o segundo colocado Bayern de Munique. Já o Bayer Leverkusen deixou a zona de classificação à Liga Europa ao parar nos 36 pontos, agora na sétima posição.

O primeiro gol da partida saiu aos 30 minutos. Götze cobrou escanteio, ninguém cabeceou, e Zagadou, livre, bateu chapado de canhota para o gol aberto, colocando o Borussia em vantagem.

A igualdade do Leverkusen veio na sequência, aos 36, quando Volland tabelou com Havertz, recebeu na frente da área e chutou rasteiro de canhota, no cantinho esquerdo baixo de Burki. Só que a resposta do Borussia foi imediata. No lance seguinte, aos 37, Diallo cruzou da ponta esquerda, na direção da segunda trave, e Sancho bateu de primeira, no canto direito baixo de Hrdecky.

O jogo seguiu movimentado na etapa final. E o terceiro gol do Borussia saiu aos 14 minutos, quando Hakimi recebeu de Witsel na direita e cruzou. A bola desviou na zaga e sobrou na entrada da área para Götze, que bateu firme de direita para marcar.

O Leverkusen ainda diminuiu aos 29, com Tah, de cabeça, após cobrança de falta de Brandt. Mas ficou nisso, com o Dortmund voltando a vencer no torneio nacional.

No outro jogo deste domingo pelo Alemão, o Eintracht Frankfurt derrotou o Hannover por 3 a 0, fora de casa. Os gols do time foram marcados pelo croata Ante Rebic, aos nove, e pelos sérvios Luka Jokic, aos 18, e Filip Kostic, aos 45 minutos.

O triunfo levou o time de Frankfurt aos 37 pontos, em sexto lugar no Alemão. Já o Hannover, que utilizou Felipe Trevisan como titular e Jonathas como substituto, ocupa a penúltima posição no Alemão com 14.