Brasil só tem um representante no time de revelações da Liga dos Campeões

  • Por Jovem Pan
  • 21/12/2018 15h06
EFE/ANDY RAINArthur tem sido muito elogiado por ídolos do Barcelona

Apenas um brasileiro entrou na lista de melhores revelações da fase de grupos da Liga dos Campeões. O volante brasileiro Arthur, do Barcelona, apareceu no time divulgado pela Uefa nesta sexta-feira (21).

Arthur participou de cinco dos seis jogos do Barça na competição continental – não esteve na visita ao PSV Eindhoven, por lesão. Em quatro oportunidades, o volante começou como titular, saindo do banco apenas na estreia, justamente contra o time holandês.

No texto publicado no site da Uefa, há lembrança de uma declaração do ex-meia do Barcelona Xavi, que garantiu que o brasileiro é alguém que pode “marcar época no clube”.

Para escolher as seleções de revelações, a Uefa estabeleceu como critérios ter 24 anos ou menos, estrear nas respectivas competições ou ter experiência limitada e ter dado um salto de qualidade neste ano.

Seleção de revelações da Liga dos Campeões:

Goleiro: Odisseas Vlachodimos (ALE/Benfica).

Defensores: Milan Skriniar (ESQ/Inter de Milão), Matthijs de Ligt (HOL/Ajax) e Andy Robertson (ENG/Liverpool).

Meias: Frenkie de Jong (HOL/Ajax), Houssem Aouar (FRA/Lyon), Arthur (BRA/Barcelona) e Nikola Vlasic (CRO/CSKA Moscou).

Atacantes: Cengiz Ünder (TUR/Roma), Hirving Lozano (MEX/PSV Eindhoven) e Jadon Sancho (ING/Borussia Dortmund).

Seleção de revelações da Liga Europa:

Goleiro: Dominik Livakovic (CRO/Dínamo de Zagreb).

Defensores: Pape Abou Cissé (SEN/Olympiacos), Joseph Aidoo (Genk/BEL) e Junior Firpo (RDO/Betis).

Meias: Mijat Gacinovic (SER/Eintracht Frankfurt), Giovani Lo Celso (ARG/Betis), Kai Harvetz (ALE/Bayer Leverkusen) e Pablo Fornals (ESP/Villarreal).

Atacantes: Ismaila Sarr (SEN/Rennes), Luka Jovic (SER/Eintracht Frankfurt) e Takumi Minamino (JAP/Red Bull Salzburg).

Com EFE