Lenda do Real Madrid e da Espanha, Casillas anuncia aposentadoria do futebol

O goleiro termina a carreira com 1.074 jogos como atleta profissional – sendo 907 por clubes e 167 na seleção espanhola, onde conquistou, além da Copa do Mundo de 2010, dois títulos de Eurocopa (2008 e 2012) e um do Mundial Sub-20

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2020 09h59
EFEIker Casillas anunciou aposentadoria aos 39 anos

O goleiro espanhol Iker Casillas oficializou, nesta terça-feira (4), o ponto final na sua carreira. Nas redes sociais, o jogador de 39 anos, que se destacou no Real Madrid, no Porto e na seleção de seu país – foi capitão do time que conquistou a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul -, confirmou que “chegou o momento de dizer adeus”. “O meu percurso no futebol profissional começou há 30 anos, foi um caminho longo e, como todos os caminhos, teve momentos bons e menos bons, alegrias, mas também tristezas. Neste momento da minha vida, e em retrospectiva, posso dizer sem lugar para dúvidas que valeu a pena”, escreveu Casillas, que encerrou a carreira no Porto.

Na mensagem de despedida, o goleiro assume ser “um sortudo” por tudo o que conseguiu, “não só pelos títulos, mas também pelo lado humano”. “Hoje é um dia difícil, mas não um dia triste. Me considero um sortudo por ter chegado aqui, por como cheguei, por ter conquistado tudo o que conquistei, por tudo. Estou feliz”, assumiu. Casillas agradece ao Real Madrid, clube em que foi formado e passou grande parte da carreira, e ao Porto, onde jogou nos últimos cinco anos. “Por me acolher como fez, por me ensinar a ver as coisas desde outro ângulo, por me dar a oportunidade de conhecer bem um clube e uma cidade pelos quais me apaixonei e que sempre levarei no coração”, disse.

CARREIRA

Casillas começou no Real Madrid, clube em que foi formado e que jogou durante 16 temporadas. Em 2015, se transferiu ao Porto. A última temporada no clube português, contudo, foi meramente simbólica, já que o goleiro não jogou um único minuto sequer em virtude do enfarte agudo do miocárdio que sofrera em maio de 2019, durante um treinamento. Ainda assim, o elenco do Porto fez questão de o incluir nas comemorações da conquista do Campeonato Português e, após a vitória na decisão da Taça de Portugal contra o Benfica, no último sábado, Casillas levantou o troféu com Danilo Pereira e Sérgio Conceição.

“San Iker” ou “El Santo”, como ficou conhecido na Espanha, termina a carreira com 1.074 jogos como atleta profissional – sendo 907 por clubes e 167 na seleção espanhola, onde conquistou, além da Copa do Mundo de 2010, dois títulos de Eurocopa (2008 e 2012) e um do Mundial Sub-20.

Pelo Real Madrid, foi campeão em cinco edições do Campeonato Espanhol, duas da Copa do Rei, quatro da Supercopa da Espanha, três da Liga dos Campeões da Europa, uma do Mundial de Clubes da Fifa, uma da Copa Intercontinental e duas da Supercopa da Europa Pelo Porto, Casillas venceu um Campeonato Português e uma Supercopa de Portugal. Em conquistas individuais, Casillas foi eleito o melhor goleiro do mundo em 2010 e entrou cinco vezes seguidas na seleção do ano feita pela Fifa.

*Com Estadão Conteúdo