Cavani revela bastidores dos problemas que teve com Neymar

  • Por Jovem Pan
  • 03/05/2018 10h46 - Atualizado em 03/05/2018 15h46
EFE Cavani e Neymar Neymar e Cavani acumularam polêmicas

Desde o começo da temporada europeia, Neymar e Cavani tiveram um relacionamento difícil. Aconteceram algumas polêmicas e ficou visível que havia um incômodo entre eles. Em entrevista à Rádio Monte Carlo, o atacante uruguaio finalmente comentou abertamente sobre esse assunto e revelou bastidores do Paris Saint-Germain.

Primeiro Cavani disse que pediu para Neymar pensar mais no grupo: “houve um problema com Neymar. Conversamos e disse que eu era o primeiro a querer que ele ganhasse prêmios individuais, mas com a condição que antes viessem os objetivos coletivos”.

Sem dar detalhes, Cavani também disse que precisou aceitar decisões tomadas contra a própria vontade: “calmamente nos entendemos. Os líderes da equipe tomaram uma decisão e eu respeitei”.

Questionado sobre o fato de ter recebido poucos passes de Neymar nos duelos entre PSG e Real Madrid, Cavani foi humildade, mas deu uma cutucada: “não é meu trabalho avaliar e dizer porque não recebi muitas bolas. Sou consciente que tecnicamente não sou um fora-de-série, não vou driblar três ou quatro jogadores, mas um grupo não precisa apenas disso. Inclusive um jogador sem muita habilidade pode fazer a diferença”.

Porém, Cavani mostrou ser compreensivo sobre outra polêmica envolvendo os dois. Em um jogo do PSG, Neymar fez 3 gols, mas mesmo assim foi vaiado por não deixar Cavani bater um pênalti. O uruguaio estava prestes a virar o maior artilheiro da história do PSG. Mas não se importou com aqui e criticou a torcida: “aquelas vaias das arquibancadas não foram boas. Me botei no lugar dele e não teria gostado de ouvir”.