Chelsea e Arsenal vencem e se aproximam de semifinal da Liga Europa

  • Por Jovem Pan
  • 11/04/2019 21h00 - Atualizado em 11/04/2019 21h13
Divulgação CFCJogadores do Chelsea comemoram o gol marcado por Alonso no final da partida

As partidas de ida das quartas de final da Liga Europa foram disputadas nesta quinta-feira (11). E dois times ingleses saíram na frente na disputa pelas vagas nas semifinais: Chelsea e Arsenal. Os Blues derrotaram o Slavia Praga, na República Tcheca, por 1 a 0, enquanto os Gunners bateram o Napoli, no Emirates Stadium, por 2 a 0.

Quem também entrou em campo nesta quinta e venceu foram Benfica e Valência. Os portugueses fizeram 4 a 2 no Eintracht Frankfurt, da Alemanha, diante de sua torcida. Já os espanhóis levaram a melhor no confronto contra o Villarreal, ao vencer os rivais no estádio El Madrigal pelo placar de 3 a 1.

Os vencedores dos confrontos de ida das quartas de final da Liga Europa jogam por um empate na próxima quinta-feira (18), para assegurarem as vagas nas semifinais.

Sem sustos

Apesar da empolgação da torcida local, o Chelsea não teve dificuldades para controlar o Slavia Praga. Os tchecos foram para cima nos minutos iniciais, mas a falta de técnica da equipe atrapalhou quando chegava ao ataque.

Com Hazard no banco, Willian foi o responsável pela armação das jogadas do time londrino. E, aos 24 minutos, o atacante brasileiro recebeu na esquerda, trouxe a bola para o meia e acertou um lindo chute, que explodiu no travessão de Kolar.

O segundo tempo foi melhor. Com Hazard em campo, o Chelsea foi outro time. Mais agressivo, criativo e valente. O Slavia Praga continuou tentando jogadas de ataque, mas a equipe inglesa foi mais presente no campo adversário e conseguiu duas boas chances com Rüdiger e Willian.

Na última, os ingleses conseguiram marcar. Aos 40 minutos, a defesa do Slavia deixou Willian dominar a bola, levantar a cabeça e cruzar na cabeça de Marcos Alonso, que só teve o trabalho de desviar do goleiro Kolar para abrir o placar e definir a vitória.

Com sorte

Como costuma fazer contra seus adversários quando joga em seus domínios, o Arsenal se impôs com muita intensidade e toques de bola rápidos na reta inicial da partida e definiu o triunfo nos 25 primeiros minutos.

Já acertado com a Juventus para a próxima temporada, Ramsey abriu o marcador aos 14 minutos depois de linda jogada que envolveu a marcação do Napoli com rápida trama construída com participação de Özil, Lacazette e Maitland-Niles.

Aos 25, Torreira roubou a bola de Fabián Ruiz, cortou o marcador e finalizou de esquerda. A bola desviou em Koulibaly e matou o goleiro Meret. Para o lamento do volante uruguaio, o juiz assinalou o gol contra do defensor senegalês do Napoli.

A vitória poderia ter sido ainda mais tranquila, pois os ingleses perderam muitos gols no segundo tempo. O goleiro Meret salvou o Napoli em algumas ocasiões – a principal delas foi na finalização do polonês Zielinski e Aubameyang.

Com informações de Agência Estado