Manchester City vence e tenta se manter vivo na perseguição ao Liverpool

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2020 20h30
EFE/EPA/Shaun BotterillFaixa gerou onda imediata de repúdio nas redes sociais

O Manchester City ainda está muito longe do Liverpool, líder do Inglês que se aproxima do fim de um jejum de 30 anos, mas não jogou a toalha na perseguição ao provável campeão. O time venceu seu segundo jogo seguido após a retomada do campeonato, desta vez, por goleada, e reduziu a diferença de pontos para o rival.

Atual bicampeão do Inglês, o City, que já havia vencido o Arsenal, fechou a 30º rodada goleando o Burnley por 5 a 0 em casa, e foi a 63 pontos, 20 a menos que o time de Jürgen Klopp, que no domingo empatou com o Everton em 0 a 0.

Durante o jogo, um avião com a mensagem “White Lives Matter – Birnley” – em tradução livre, “vidas brancas importam”, em uma manifestação em tom de crítica à campanha Black Lives Matter, “vidas negras importam”, iniciada após a morte de George Floyd nos EUA e adotada pela liga inglesa no retorno. A manifestação gerou críticas imediatas nas redes sociais.

Em campo, Foden abriu o placar a favor dos donos da casa aos 23 minutos, em um chute de fora da área. Mahrez marcou duas vezes antes do intervalo – aos 43, em jogada individual, e aos 48, de pênalti. Na segunda etapa o time não tirou o pé. David Silva fez o quarto, e Foden fechou a conta, aos 18.

O técnico Pep Guardiola contou com os três brasileiros na partida. O goleiro Ederson e o volante Fernandinho foram titulares, e Gabriel Jesus entrou nos acréscimos da etapa inicial após contusão de Agüero.

* Com EFE