Com atuação discreta de Paquetá, Milan vence Sassuolo e sobe no Italiano

  • Por Jovem Pan
  • 02/03/2019 17h00 - Atualizado em 02/03/2019 17h09
Divulgação AC MilanJogadores do Milan comemoram a nona partida de invencibilidade

No primeiro jogo após ser convocado por Tite para os amistosos da Seleção Brasileira contra Panamá e República Tcheca, Lucas Paquetá teve uma atuação sem brilho na partida entre Milan e Sassuolo. O meia iniciou entre os titulares, levou um cartão amarelo e foi substituído na etapa final, tendo finalizado apenas duas vezes.

Apesar da falta de brilho do brasileiro, o Milan conquistou mais uma vitória e deu sequência a sua ascensão no Campeonato Italiano. O time superou o adversário por 1 a 0, em partida disputada no San Siro, e subiu para o terceiro lugar na tabela de classificação, ultrapassando a rival Inter de Milão.

Invicto há nove jogos na temporada em diferentes competições, o Milan emplacou o quarto triunfo consecutivo no Italiano. E assim chegou aos 48 pontos, com um a mais do que a Inter, batida pelo Cagliari na sexta. O Sassuolo, por sua vez, tropeçou pela quinta vez seguida e parou nos 31 pontos, em 11º lugar.

Ainda que sem impor grande pressão, o Milan dominou a partida no San Siro até abrir o placar. Aos 34 minutos, após cobrança de escanteio, Paquetá caiu na grande área pedindo pênalti e o argentino Musacchio se jogou na direção da bola para cabeceá-la, deixando o seu time em vantagem.

A partir daí o Milan levou alguns sustos, especialmente no fim do primeiro tempo. A pressão do Sassuolo só foi diminuir a partir dos 18 minutos do segundo tempo, após Consigli errar o tempo da bola para fazer corte e derrubar Piatek fora da área, sendo expulso. Com um a mais, o Milan retomou as rédeas do confronto e assegurou o triunfo.

Com informações de Agência Estado