Conmebol anuncia novo aporte de US$ 6 mi contra crise causada pela pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2020 17h47
DivulgaçãoAlejandro Dominguez, presidente da Conmebol

A Conmebol anunciou que vai distribuir US$ 6 milhões entre as dez federações que integram a entidade para auxiliar nas medidas de combate à covid-19, e amortecer o impacto econômico causado pela paralisação das competições.

Do total da verba, US$ 2 mi serão utilizados para testes laboratoriais, e outros US$ 4 mi alocados de acordo com a necessidade.

“Os fundos serão distribuídos de forma equitativa, mas com a condição de que as federações apresentem responsabilidade expressa pelo destino do investimento”, informou a Conmebol, em comunicado.

Ainda segundo a entidade, a ajuda financeira é considerada crucial para a modalidade, que passa por um momento difícil financeiramente.

“Com esses novos recursos, a Conmebol busca aliviar a situação extremamente difícil enfrentada por federações e clubes, e também aproximar o que milhões de torcedores em toda a América do Sul esperam com muita ansiedade: o retorno do futebol, cuidando da saúde de todos”, destaca o texto.

Alejandro Domínguez, presidente da confederação sul-americana, informou que com a liberação, o total de fundos disponibilizados para as federações desde o começo da crise causada pela pandemia chega a US$ 85 milhões – US$ 55 milhões como adiantamento para a Taça Libertadores e Copa Sul-Americana.

Os torneios foram suspensos e março, e a entidade ainda avalia a possibilidade de retomada para setembro, com as medidas de saúde que foram aprovadas na última semana.

Outros US$ 10 milhões foram adiantados da Copa América da Argentina e da Colômbia, que deveria estar sendo disputada neste mês, remarcada para 2021, e US$ 14 milhões, provenientes dos Fundos de Evolução.

* Com EFE