Conmebol define fornecedor oficial de VAR para torneios sul-americanos

  • Por Agência EFE
  • 25/07/2018 09h54
ReutersEsta será a segunda ocasião em que o VAR será utilizado na Copa Libertadores, depois do teste na semifinal e final em 2017, quando o Grêmio foi campeão

O Grupo Mediapro anunciou nesta quarta-feira que será o fornecedor oficial do VAR (Video Assistant Referee, em inglês) para a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), que deve utilizar a tecnologia em seus torneios já a partir deste ano.

Segundo o comunicado da produtora de conteúdos para cinema e televisão, o serviço de VAR será disponibilizado a partir das quartas de final da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana, além da Recopa. O sistema de vídeo-arbitragem também estará presente na Copa América de 2019, que acontecerá no Brasil.

“O grupo audiovisual completou os processos de homologação da Fifa-Fiba para prestar serviços de vídeo-arbitragem tanto em competições internacionais como nacionais. A Mediapro fornecerá equipamento técnico e profissional para assegurar o serviço em todos os jogos oficiais da Conmebol”, explicou a empresa espanhola.

Esta será a segunda ocasião em que o VAR será utilizado na Copa Libertadores, depois do teste na semifinal e final em 2017, quando o Grêmio foi campeão.

O VAR foi aplicado recentemente com sucesso na Copa do Mundo, com a tecnologia ajudando os árbitros a tomarem decisões diante de lances polêmicos nas partidas.