Courtois diz que Barça não pode ser declarado campeão: ‘Provamos ser melhores do que eles’

  • Por Jovem Pan
  • 05/05/2020 09h11
JuanJo Martín/EFECourtois durante partida do Real Madrid

Thibaut Courtois acredita que a La Liga, órgão responsável por gerir o Campeonato Espanhol, não pode declarar o primeiro colocado Barcelona como vencedor da temporada 2019/20. Em entrevista à TV pública da Bélgica, o goleiro do Real Madrid afirmou que tal decisão seria injusta.

“Estamos a apenas dois pontos do Barcelona e podemos ser campeões. Por isso seria injusto se a temporada fosse cancelada. Se fosse decidido na Espanha que o Barcelona é o campeão, não seria justo para mim. Nós empatamos um jogo com eles e eles vencemos o outro, então provamos ser uma equipe melhor do que eles”, disse Courtois.

Na França, a Ligue 1 decidiu proclamar o Paris Saint-Germain campeão do nacional após o governo local proibir a realização de jogos até setembro, tendo como intenção diminuir a propagação do novo coronavírus. Na visão de Courtois, a medida seria válida também na Inglaterra, onde o Liverpool lidera com 25 pontos de vantagem para o segundo colocado. No Espanhol, no entanto, o ato não teria fundamentos.

“Estamos dois pontos atrás, mas eu não concordo com essa medida. No caso do Liverpool na Inglaterra, seria diferente, eu poderia entender porque não sei quantos pontos eles estão do segundo. Gostaria de terminar a temporada. Faltam onze jogos, é muito cedo para decidir o campeão”, opinou.

O goleiro do Real Madrid acredita que a temporada do Espanhol precisa ser concluída em campo. O arqueiro, entretanto, disse que o retorno do futebol só deverá acontecer em um momento seguro para todos.

“Acho que a temporada deve terminar, mas é claro que a segurança vem primeiro. Você deve levar em conta as medidas de proteção e ter 100% de certeza antes de retornar. Até porque porque você pode estar jogando com um infectado sem ter sintomas. Portanto, é preciso ter cuidado com quem você está em contato. E se houver um jogador de outro time infectado? Essas são coisas a serem consideradas, mas eu adoraria terminar a temporada”, comentou.

Antes da paralisação, o Barcelona liderava o campeonato local com 58 pontos, dois a mais que o Real Madrid.