Cristiano Ronaldo volta a marcar após 4 jogos, mas Juventus tropeça em casa e perde a liderança

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2019 13h15
Alessandro Di Marco/EFECristiano Ronaldo balançou as redes, mas não conseguiu liderar a Juventus à vitória contra o Sassuolo

Cristiano Ronaldo voltou a balançar as redes pela Juventus neste domingo, mas o time de Turim tropeçou ao empatar por 2 a 2 com o Sassuolo em casa e, além de ver sua série de seis vitórias na temporada ser interrompida, perdeu a liderança do Campeonato Italiano.

Isto porque a Inter de Milão, antiga segunda colocada, venceu o Spal por 2 a 1 em casa e alcançou os 37 pontos, ultrapassado a Juve, que agora soma 36. O Sassuolo tem 14 pontos e ocupa o 12º lugar.

O goleiro Turati teve participação decisiva na missão, que acabou sendo bem-sucedida, de parar Cristiano Ronaldo e companhia. O astro português jogou bem e voltou a marcar após quatro jogos, mas viu o arqueiro do Sassuolo brilhar em várias oportunidades.

A Juventus inaugurou o marcador no primeiro tempo com Bonucci, em chute cruzado aos 19min. Dois minutos depois, o Sassuolo chegou ao empate com um golaço marcado pelo francês Boga. Ele tabelou com Caputo e deu um lindo toque para encobrir Buffon e marcar.

No primeiro minuto da etapa final, o zagueiro holandês De Ligt falhou na tentativa de afastar e entregou a bola nos pés de Caputo, que bateu rápido. Buffon falhou ao deixar a bola passar e permitiu a virada dos visitantes. O veterano pediu desculpas pela falha.

Foi então que Turati começou a ser protagonista. Em três minutos, o goleiro foi exigido três vezes e se tornou um paredão. Primeiro, fez linda defesa em falta cobrada por Cristiano Ronaldo. Depois, parou Higuain e Emre Can.

No entanto, Turati nada pôde fazer quando Cristiano Ronaldo cobrou pênalti com categoria para empatar a partida. A penalidade foi sofrida por Dybala, que sofreu um carrinho de Romagna.

De novo visual, com uma tiara para segurar o cabelo, o atacante português ainda balançou as redes mais uma vez, mas o gol não foi validado porque ele estava em posição irregular. No fim, o arqueiro do time visitante voltou a salvar a sua equipe mais duas vezes, nos arremates de Dybala e Ramsey.

*Com informações do Estadão Conteúdo