Dias após declarar falência, time inglês se supera e aplica maior goleada de sua história

O Wigan Athletic massacrou o Hull City em jogo que recebeu atenção mundial, especialmente pelo placar do primeiro tempo

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2020 17h26
Wigan Athletic/DivulgaçãoO Wigan Athletic atropelou o Hull City nesta terça-feira, 14, em jogo válido pela segunda divisão inglesa

Dias após declarar falência, o Wigan Athletic conseguiu alcançar nesta terça-feira, 14, a maior goleada de sua história ao derrotar o Hull City por 8 a 0, em casa, pela 44ª rodada da segunda divisão do Campeonato Inglês. O duelo recebeu atenção mundial, especialmente pelo placar do primeiro tempo, em que os Latics balançaram a rede em sete oportunidades. O meia inglês Kieran Dowell foi o artilheiro da partida disputada no DW Stadium, ao marcar três gols. Já o atacante galês Kieffer Moore fez dois. O atacante escocês Kal Naismith, o meia-atacante inglês Jamal Lowe e o meia inglês Joe Williams completaram o placar. Até então, a maior goleada da história do Wigan era a aplicada sobre o Oxford United por 7 a 0, em dezembro de 2017, pela terceira divisão inglesa.

No início do mês, o Wigan, que reportou prejuízo de 10 milhões de euros (R$ 61 milhões) no ano passado, declarou falência e, por consequência, foi punido com a perda de 12 pontos pela liga que organiza a segunda, terceira e quarta divisões do campeonato nacional. “Os nossos objetivos imediatos são assegurar que o clube completa todos os seus jogos esta época e encontrar urgentemente interessados em salvar o Wigan Athletic FC e os empregos das pessoas que trabalham para o clube”, diz o comunicado emitido há dez dias pela Begbies Traynor, a empresa contratada para gerir a recuperação do Wigan.

Neste momento, a equipe tem 57 pontos e ocupa a 13ª colocação da competição. No entanto, após o desconto que será feito devido à punição, o time despencará para a zona de rebaixamento, onde está atualmente o Hull City, que tem 45 pontos e é o vice-lanterna.

*Com informações da Agência EFE