Diego Costa paga R$ 208 mil para evitar prisão por crime fiscal na Espanha

  • Por Jovem Pan
  • 04/06/2020 09h48
EFEDiego Costa é centroavante do Atlético de Madrid

O atacante Diego Costa, do Atlético de Madrid, se declarou culpado de um crime fiscal cometido na Espanha. De acordo com o jornal “El Mundo”, nesta quinta-feira (4), o brasileiro naturalizado espanhol pagará cerca de 36 mil euros (aproximadamente R$ 208 mil, na cotação atual) para evitar uma pena de seis meses de prisão.

O centroavante do Atlético de Madrid foi denunciado por fraudar o Tesouro por um total de 1,1 milhão de euros na fase em que deixou o clube para assinar pelo Chelsea em 2014. Em relatório, o Ministério Público apontou que o jogador não declarou ao tesouro os rendimentos que o clube de Londres lhe pagou pela transferência de seus direitos de imagem.

Vale lembrar, porém, que Diego Costa já havia reembolsado a quantia (cerca de R$ 6,3 milhões, atualmente) ao Tesouro há alguns meses, no começo de 2020.

Agora, Diego Costa volta a se concentrar na retomada do Campeonato Alemão. O primeiro compromisso do time “colchonero” após a paralisação será contra Athetic Bilbao, fora de casa, no domingo (14).

O Atlético de Madrid é o quinto colocado da La Liga, com 45 pontos. A ambição do time treinador do Diego Simeone é entrar na zona de classificação para a próxima Champions League.