Dirigente da Roma garante que não recebeu propostas por Alisson

  • Por EFE
  • 26/06/2018 13h30 - Atualizado em 26/06/2018 13h45
Lucas Figueiredo/CBFAlisson treina com a Seleção Brasileira em Sochi

O diretor esportivo da Roma, o ex-goleiro Ramón Rodríguez Verdejo, garantiu nesta terça-feira (26) que até o momento nenhum clube demonstrou interesse ou apresentou propostas pelo goleiro Alisson, titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo.

Na entrevista coletiva para apresentar o meia argentino Javier Pastore como novo reforço romano, Monchi reconheceu que “não existem jogadores intransferíveis”, mas que gostaria de manter Alisson na próxima temporada.

“Até hoje, esta é a verdade, não recebemos nenhuma proposta por Alisson. Só penso em esperar o término da Copa do Mundo, o mais tarde possível para o Brasil, para que (Alisson) descanse e chegue aqui para treinar com os companheiros”, declarou o dirigente.

“Não chegou nenhuma oferta ou interesse por Alisson. Não posso pensar em nada além da sua continuidade. Amanhã, não sei, o meu trabalho é pensar no presente. Ao celular do diretor esportivo não chegou nada, esta é a realidade, e eu devo trabalhar com a realidade”, acrescentou.

Sobre o futuro do grego Kostas Manolas, no qual muitos grandes clubes estão interessados, Monchi explicou que a situação do zagueiro é a mesma de Alisson. “Para Manolas vale o mesmo que para Alisson. Estamos tranquilos, são jogadores importantes para o futuro do projeto”, afirmou.

Confira a cobertura completa da Copa 2018!