Dortmund vence de virada e reassume liderança do Campeonato Alemão

  • Por Jovem Pan
  • 16/03/2019 20h15
Divulgação BVBMarco Reus comemora o gol da vitória do Borussia sobre o Hertha

O Campeonato Alemão tem um novo líder ao menos até neste domingo (17), quando o Bayern de Munique entrará em campo para encarar o Mainz. O Borussia Dortmund assumiu a ponta provisoriamente neste sábado (16) ao derrotar o Hertha Berlin de virada, por 3 a 2, atuando fora de casa.

Com o resultado, o Borussia Dortmund soma agora 60 pontos, três a mais que o rival de Munique, que tem uma partida a menos. Se o time bávaro vencer, iguala a pontuação do Dortmund e retoma a liderança pela superioridade no número de vitórias. O Hertha soma 35 pontos e ocupa o décimo posto.

O jogo

A partida teve alternâncias na liderança do placar e foi decidida em detalhes. Na primeira etapa, os donos da casa abriram o placar aos quatro minutos com o marfinense Salomon Kalou. No lance, o atacante aproveitou rebote do goleiro Burki.

O Dortmund não demorou a empatar. O meia dinamarquês Thomas Delaney contou com o desvio em chute de fora da área para deixar o placar em igualdade aos 14 minutos. Aos 34, Kalou voltou a aparecer. O marfinense converteu pênalti marcado após a bola bater na mão do meia Weigl e recolocou o time de Berlim em vantagem.

No segundo tempo, o panorama mudou. Os visitantes foram mais consistentes, erraram menos e conseguiram virar o confronto com agressividade e eficiência. No início da etapa final, o zagueiro francês Dan Axel Zagadou foi o responsável por deixar o jogo novamente empatado. Nos acréscimos, Sancho avançou pela esquerda, entrou na área e cruzou para o capitão Marco Reus, livre de marcação, concluir a gol e definir o resultado.

Após o gol, o VAR entrou em cena e fez o árbitro mudar de ideia e expulsar o atacante bósnio Ibisevic, do Hertha, por agredir o goleiro Burki. Poucos minutos antes, o zagueiro Torunarigha também havia sido expulso em razão de uma entrada dura. Assim, o time de Berlim terminou o duelo com nove jogadores em campo.

Com informações de Agência Estado