Entenda como a queda de um avião em 2020 causou o cancelamento do amistoso entre Canadá e Irã

Seleções se enfrentariam no próximo dia 5 de junho, em Vancouver, como preparação para a Copa do Mundo do Catar

  • Por Jovem Pan
  • 26/05/2022 19h24
Reprodução/ Twitter canadá e irã Canadá e Irã iriam jogar em amistoso no dia 5 de junho, em Vancouver

A geopolítica influencia diretamente o mundo do futebol, há inúmeros exemplos espalhados pelo mundo e um deles é recente. No dia 5 de junho, a seleção masculina do Canadá enfrentaria o Irã em amistoso preparatório para a Copa do Mundo do Catar. Mais de 54 mil ingressos foram vendidos para o jogo em Vancouver, mas a partida foi cancelada nessa semana. O motivo? A queda de um avião em 2020. Em 8 de fevereiro de 2020, a aeronave PS752 da Ukraine Arilines caiu pouco após decolar do Teerã. Todos os 176 ocupantes morreram, entre eles 85 cidadãos canadenses. As investigações da Guarda Revolucionária apontaram ‘falha humana’ no acidente e uma crise entre familiares das vítimas e o governo iraniano começou. Os parentes dos 85 mortos veem o episódio como ‘uma traição’ e lutaram para levar o caso para a justiça internacional, buscando reparação. O jogo foi classificado como uma ‘abertura ao regime’ e chegou a ser criticado até pelo primeiro-ministro, Justin Trudeau, que afirmou que a partida era uma ‘má ideia’ e indicou que a Imigração poderia vetar a entrada de parte da delegação iraniana no país. Os jogadores canadenses mostraram preocupação em jogar em meio a esse clima de desconfianças e a Federação Canadense cancelou o evento.

A decisão não foi bem recebida do lado do Irã. O jogador Sardar Azmoun comentou no Instagram. “Nós nos tornamos um brinquedo para o Canadá. Lamento que a partida tenha sido cancelada, espero que isso não aconteça no futuro, misturando esporte e política”, escreveu. Em nota publicada nesta quinta-feira, 26, a Federação Canadense afirmou que a “situação geopolítica insustentável” com o Irã causou o cancelamento e que segue procurando novos adversários. “A Canada Soccer realizará uma revisão completa de nossos processos para a realização de partidas internacionais para garantir que nenhuma pedra seja deixada de lado em nossa busca pela excelência dentro e fora de campo”. Os torcedores que compraram as entradas serão reembolsados. O Canadá vai para o seu segundo Mundial e o Irã para a sua sexta, a terceira participação consecutiva. Para mais detalhes de todo o caso, o perfil @caminomundialok fez um fio explicativo.